Cartas! Saudades para uns, e passados para outros...

Em minha odisseia pela internet descobri cópias incríveis de cartas que foram escritas a punho por várias personalidades importantes. Inclusive várias delas se transformaram em livros e outras em filmes. Numa era em que a tecnologia tomou conta das nossas vidas seria até estranho e curioso enviar uma carta para alguém. Mais sem dúvida é uma forma bonita de marcar a diferença na vida das pessoas que gostamos. Ao longo da história, a tecnologia vem facilitando a vida de todos nós, tornando tudo mais fácil, rápido e produtivo. Vivemos uma época em que estar fora da tecnologia é estar fora do mundo. Hoje em segundo você envia e recebe e-mail de qualquer parte do mundo. Antes dos e-mails a espera por uma correspondência deveria ser muito angustiante, principalmente para quem moravam quilômetros de distância de familiares, amigos, namorados etc e tal. Muitas vezes a carta nem chegava ao destino, porque se perdia no caminho. Conheci uma senhorinha que trocava correspondência com uma amiga que morava na Itália, e demorava meses para que ela recebesse a resposta de sua carta enviada. Em 2002 ela me visitava em um blog e um fotoblog que eu tinha na UOl, e sempre me dizia nós comentários e e-mails o quanto amava escrever e receber cartas. Se hoje ela estivesse entre nós, vibraria lendo essa postagem quilométrica risos. Que saudades, doce Isabel! Essa é, em especial pra ti.
Para muitas pessoas, cartas é algo que já passou á muito tempo, comparado às mensagens de textos, e-mails e outros aplicativos que temos disponíveis nos dias atuais. Mais penso que nada que a tecnologia invente pode superar ou igualar a carta escrita a mão. Em um e-mail não pulsam sentimentos, emoções, carinhos, cheiros, saudades assim como nas cartas escrita a punho. É muito bom ver que alguém pensou em você e separou um tempo para te escrever. 

Decidi reunir as 13 melhores declarações de amor na minha opinião. Embora existem várias outras que virou livro e filme, e outras de despedidas que não tiveram finais felizes. Pra não ficar muito grande a postagem mais já ficando, joguei em link algumas delas. Caso interesse em ler é só clicar na carta completa.
Em 2015, realizaram uma enquete no Reino Unido para eleger a melhor e a mais bonita carta de amor de todos os tempos. A escolhida pela maioria foi a da lenda musical Johnny Cash para sua amada June Carter, em comemoração ao seu aniversário de 65 anos. Na época, eles estavam casados há 26 anos. June Carter faleceu em 2003 e Johnny Cash não resistiu muito mais tempo, tendo ‘partido’ para junto da sua amada poucos meses depois. Confira na íntegra o amor de Cash por June em palavras legítimas e lindas:

Carta de Johnny Cash para sua amada June Carter. 

23 de junho de 1994, Odense (Dinamarca)

Feliz aniversário, princesa.

Nós envelhecemos e nos acostumamos um com o outro. Nós pensamos igual. Nós lemos a mente um do outro. Nós sabemos o que o outro quer sem perguntar. Às vezes irritamos um pouco um ao outro. Talvez às vezes não damos valor um ao outro.
Mas de vez em quanto, como hoje, eu reflito sobre isso e percebo quanta sorte tenho de compartilhar minha vida com a maior mulher que já conheci. Você ainda me fascina e me inspira. Você me faz ser melhor. Você é o objeto do meu desejo, a razão #1 na Terra para a minha existência. 
Eu te amo muito.
Feliz aniversário, princesa! John
Rascunho da carta

De Napoleão Bonaparte para Josefina.
Napoleão conheceu Josefina de Beauharnais, viúva de um visconde e seis anos mais velha que ele. Não demorou muito para subir ao altar com a dama. Enviado para o campo de batalhas, Napoleão declarava em cartas o seu amor pela esposa. O problema é que Josefina não estava na mesma vibe que o cara: além de não retribuir as correspondências, começou a traí-lo. Ao tomar conhecimento da traição, Napoleão decidiu dar o troco: começou a se relacionar com uma mulher que se disfarçava de homem para lutar. Confira a carta que Napoleão escrevia, enquanto Josefina o traía… 

"Já não te amo: ao contrário, detesto-te. És uma desgraçada, verdadeiramente perversa, verdadeiramente tola, uma verdadeira Cinderela. Nunca me escreves; não amas o teu marido; sabes quanto prazer tuas cartas dão a ele e ainda assim não podes sequer escrever-lhe meia dúzia de linhas, rabiscadas apressadamente..." Carta completa



As Cartas de Beethoven para sua Amada Imortal inspirou o filme “Minha Amada Imortal”, de 1995. Em 1880, a carta foi comprada pela Biblioteca Estatal de Berlim, onde permanece até hoje. 
Quem viu os filmes "Minha amada Imortal" e "O Segredo de Beethoven" não vai se esquecer jamais. Duas obras primas, dois encontros com um gênio, um presente de Deus. Beethoven era um gênio, um dom, uma sabedoria, mas também um apaixonado, conforme você vai constatar pelas três cartas que escreveu à sua Amada Imortal. Cartas que são um verdadeiro poema, uma sinfonia feita em prosa, uma luz que ilumina os corações.
"Deus me fez surdo para que eu ouvisse a Sua Voz e a transformasse em música para o mundo". Quando eu ouço Beethoven, ele me inunda com a sensibilidade que tinha e não sei ouvir outro clássico do jeito que ouço ele. É sempre uma sensação sublime. 
Cartas de Beethoven para sua Amada Imortal! 
"Meu anjo, meu tudo, meu próprio ser.
Hoje apenas algumas palavras à caneta (à tua caneta). Só amanhã os meus alugueres estarão definidos – que desperdício de tempo… Por que sinto essa tristeza profunda se é a necessidade quem manda? Pode o teu amor resistir a todo sacrifício embora não exijamos tudo um do outro. Podes tu mudar o fato de que és completamente minha e eu completamente teu? Oh Deus! Olha para as belezas da natureza e conforta o teu coração... " Carta completa


Carta de Karl Marx para sua esposa Jenny von Westphalen.

O intelectual alemão escreveu cartas à mulher que viria a ser sua esposa e mãe de seus filhos, Jenny von Westphalen, filha de um barão da Prússia. Os dois se conheceram ainda na universidade e, para driblar a proibição familiar de namorar, mantiveram durante anos uma relação de amor por meio de cartas. Confira uma delas.


"Meu amor, enquanto nos separa um espaço, estou convencido de que o tempo é para o meu amor como o sol e a chuva são para uma planta: fazem crescer. Basta você ir, meu amor por você apresenta-se a mim como ele realmente é: gigantesco; e nele se concentra toda minha energia espiritual e toda a força dos meus sentidos …" Carta completa


Carta de Lewis Carroll para Gertrude Chataway.

Gertrude Chataway foi a mais importante criança que o escritor Lewis Carroll teve como amiga. O poema A caça ao Snark, inclusive, é dedicado a ela e aberto com um acróstico com seu nome. Biógrafos de Carroll, conhecido por escrever Alice no país das maravilhas, revelam que ele conheceu a garota quando ela tinha apenas 9 anos e que, desde então, os dois mantiveram uma amizade que se estendeu até a vida adulta. Meio estranho? Espere até ler a carta.


"Minha querida Gertrude, você vai ficar admirada, surpresa, desolada ao saber que terrível indisposição eu senti quando você partiu. Mandei chamar um médico e lhe disse: ‘Dê-me um remédio contra o cansaço porque eu estou cansado’. Ele me respondeu: ‘Nunca! Você não precisa de remédio! Se você está cansado, vá para a cama!’ ‘Não’, repliquei, ‘não se trata desse tipo de cansaço que passa quando se deita." A carta completa


Carta de Yoko Ono para John Lennon

Às vésperas do 27º aniversário de morte de Lennon, Yoko Ono escreveu em seu blog uma declaração de amor para o músico. Ora dirigindo-se a John, ora ao leitor, Ono pediu Paz, como fizera anos antes ao lado do cantor, lutando pelos direitos das mulheres, dos trabalhadores e pelo fim da Guerra do Vietnã. Falou das saudades, do vazio ao olhar para a cama vazia, do filho órfão. Falou da dor de amar quem não está ao nosso lado.


"Sinto saudades, John. 27 anos se passaram e ainda desejo poder voltar no tempo até aquele verão de 1980. Lembro-me de tudo – dividindo nosso café da manhã, caminhando juntos no parque em um dia bonito, e ver sua mão pegando a minha – que me garantia que não deveria me preocupar com nada, porque nossa vida era boa". Carta completa


Todas as cartas de amor são ridículas, escreveu Fernando Pessoa. E foi amor o que ele expressou nessa carta para Ofélia Queiroz.

"Meu Bebé, meu Bebezinho querido:
Sem saber quando te entregarei esta carta, estou escrevendo em casa, hoje, domingo, depois de acabar de arrumar as coisas para a mudança de amanhã de manhã. Estou outra vez mal da garganta; está um dia de chuva; estou longe de ti — e é isto tudo o que tenho para me entreter hoje, com a perspectiva da maçada da mudança amanhã, com chuva talvez e comigo doente, para uma casa onde não está absolutamente ninguém..."  Carta completa


Carta de Machado de Assis, para Carolina de Novais. 

"Diz a Madame de Stael que os primeiros amores não são os mais fortes porque nascem simplesmente da necessidade de amar. Assim é comigo; mas, além dessa, há uma razão capital, e é que tu não te pareces nada com as mulheres vulgares que tenho conhecido. Espírito e coração como o teu são prendas raras; alma tão boa e tão elevada, sensibilidade tão melindrosa, razão tão recta não são bens que a natureza espalhasse às mãos cheias (…)" Carta completa 


Carta de Almeida Garrett, para Rosa Barreiras

"Que suprema felicidade foi hoje a minha, querida desta alma! Como tu estavas, linda, terna, amante, encantadora! Nunca te vi assim, nunca me pareceste tão bela! Que deliciosa variedade há em ti, minha Rosa adorada! Possuir-te é gozar de um tesouro infinito, em esgotável." Carta completa 



Carta de Florbela Espanca.
Vim para os teus braços chicoteada pela vida.

"Então tu pensas que há muitos casais como nós por esse mundo? Os nossos mimos, a nossa intimidade, as nossas carícias são só nossas; no nosso amor não há cansaços, não há fastios, meu pequenito adorado." Carta completa


Carta do Fiodor Dostoievski, para Anna Grigórievna Snítkina.
Não Sou Digno de um Anjo Tão Doce como Tu.

"Bom dia, anjo querido, beijo-te muito. Pensei em ti durante todo o caminho. Acabo de chegar. Sinto-me cansado e instalei-me para te escrever. Acabam de trazer-me chá, e água para me lavar, mas no intervalo escrevo-te umas linhas. (…) Na sala de espera da estação andei de lá para cá a pensar em ti e dizia comigo: mas porque deixei eu a minha Anuska?"  Carta completa 


William Shakespeare (Romeu e Julieta)

Carta de Julieta para Romeu.

"Meu inimigo é apenas o teu nome. Continuarias sendo o que és, se acaso Montecchio tu não fosses. Que é Montecchio? Não será mão, nem pé, nem braço ou rosto, nem parte alguma que pertença ao corpo. Sê outro nome. Que há num simples nome? O que chamamos rosa, sob uma outra designação teria igual perfume. Assim Romeu, se não tivesse o nome de Romeu, conservara a tão preciosa perfeição que dele é sem esse título. Romeu, risca teu nome, e, em troca dele, que não é parte alguma de ti mesmo, fica comigo inteira."


De Marilyn Monroe para Joe DiMaggio.

"Eu não sei como te dizer o quanto sinto sua falta. Eu te amo tanto que meu coração poderia explodir. Tudo o que amo, tudo o que quero, tudo o que preciso é você – para sempre. Eu quero apenas estar onde você está e ser o que você quer que eu seja. Eu sei que é horrível de minha parte chegar tarde tantas vezes, e eu prometo que vou tentar milhões de vezes mais, eu prometo.  Com amor, Marilyn."

Se você já enviou ou recebeu ao menos uma carta desse tipo na vida, sabe que deixar o hábito de lado pode ser uma perda terrível para os típicos românticos. Muitos defendem que uma mensagem rápida na internet ou um e-mail não são capazes de expressar o sentimento com a mesma intensidade que uma carta manuscrita. Por causa disso, existem os resistentes que insistem em manter a prática viva e até defendem que ela deva voltar ao costume das pessoas. Escrever uma carta para alguém que se ama é a melhor demonstração de amor e carinho. Se você nunca escreveu uma, pode ter certeza que um dia o fará.

E aí? Convencidos a resgatar aquela caneta no fundo da sua gaveta? 
Nãooo! Talvez o que esteja faltando seja uma dose de inspiração. 
Certa vez Roger Stankewski escreveu: "Sou raro! Gosto de andar de mãos dadas, de abraços demorados, e de escrever cartas de amor." Eu também!!!
Então! Boraaa escrever... Se você gostou da carta, vale a pena assistir o filme Johnny & June, de 2005, sobre o relacionamento do casal. A carta de Johnny Cash para sua amada June Carter, foi eleita a mais bela de sempre, através de uma votação levada a cabo pela seguradora britânica Beagle Street em 2015. 

Um grande abraço!







Até a próxima postagem! 



"Cartas de amor são escritas não para dar notícias, não para contar nada, mas para que mãos separadas se toquem ao tocarem a mesma folha de papel." 

(Rubem Alves)


141 comentários:

  1. O hábito de escrever cartas, bilhetes postais, foi-se perdendo com o tempo.
    Estão aqui magníficos exemplos.
    e é muito complicado escolher um no meio de tantos e tão bons.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diminuiu bastante o envio de cartas depois dos e-mails, mas ainda se escreve bastante Pedro. Na semana passada eu estava nos correios e pude constatar que muitas pessoas ainda enviam cartas e cartões postais. O guichê das postagens de cartas era bem grande em vista da fila de outros serviços. Enquanto que existir canetas, papéis, correios, e as pessoas que gostam de escrevinhar, as cartas continuarão existir. Boa semana Pedro!
      Beijos!

      Excluir
  2. Essas cartas são verdadeiras preciosidades, Smareis. Que prazer lê-las! Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo contigo Sérgio!
      Beijos e boa semana !

      Excluir
  3. Obrigada pela sua visita Smareis. Espero que você está bem?

     Eu gostei imenso do seu post. Sou uma amante incondicional de cartas (não gosto de e-mails ou SMS). Sábado, enviei um postal de aniversário para a minha mãe para que chegue amanhã.
    Sabe, ainda tenho todos os cartões postais, cartas e notas que meus amigos e família me escreveram desde criança. Eles me seguiram de país para país - para mim, um tesouro inestimável.

    Um dos mais belos livros de cartas que li foi "Carta para Bosie" de Oscar Wilde. Contém longos e dolorosos cartas que Wilde escreveu ao seu ex-amante Lord Douglas. Eu acho que você vai gostar...

    Estou curiosa para ler as cartas de
    Fernando Pessoa, Florbela Espanca e
    de Almeida Garrett. Pois são os únicos que eu não conheço.

    Boa semana :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro enviar e receber cartões postais. Tenho muitos guardados que recebi de amigos que mora em outras cidades e Países. Ainda não li, Carta para Bosie de Oscar Wilde, mais já está na minha lista. O livro“Todas as Cartas de Amor”, do escritor Paulo José Miranda, é muito bom também.
      Boa semana!
      Abraços!

      Excluir
  4. Linda postagem.
    Eu sou do tempo de ter namorado por carta muito tempo à distância...
    Gostei muito!
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um jeito romântico e sábio de se declarar.
      Boa semana Rui!
      Bj!

      Excluir
  5. Que magnífica postarem e que saudades ao relembrar aquelas folhinhas de papel, algumas perfumadas, que o carteiro ia distribuindo. Era mágicas, encerravam mundos,
    Recebi muitas, escrevi muitas mais. De repente o mundo mudou e as cartas são passado. Tenho saudades de as receber, não só eu, muitos mais. Há tempos uma amiga disse-me "gostava de receber uma carta", fiz-lhe a vontade. Nunca respondeu do me disse era tão linda que se respondesse quebrava a magia.
    Quanto ao resto vamos devagar com pequenos progressos. Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro enviar cartões postais para amigos e ente queridos Manuel. Tenho vários cartões de cidades e países que recebi de pessoas amiga. Existem clubes de cartas aqui na internet que você pode enviar e receber cartas, é só preencher um cadastro para participar.
      Trocas de cartas

      Mundo das cartas

      Sua amiga poderia ter te enviado uma resposta de sua carta.
      Boa semana Manuel!
      Um abraço!

      Excluir
  6. Cada carta es elreflejo de los sentimientos de un ser humano frente al amor o incluso al desamor, como la de Napoleón y todas tienen un punto de inflesión, algo que las hace únicas. Gracias porque su trabajo hace posible que, con la mayor comodidad, podamos perdernos por las laberintos de los sentimientos de tantos seres humanos que, por su importancia, casi están formando también parte de nuestras vidas.

    Por mi edad, yo he llegado a escribir cartas personales hasta que tenía cerca de cuarenta años. Era algo muy especial recibir una carta, especialmente, cuando estabas esperando noticias durante algunas semanas y, de pronto, llegaba el cartero. Y los instantes en que estabas leyendo todas las palabras se llenaban de significado, eran mensajes que se leían también entre líneas, era, en resumen, algo muy especial.

    Me ha sorprendido y encantado el tema que aborda hoy. Felicidades. Un abrazo desde Alcalá de Henares. Franziska

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias Franciska.
      Con toda modernidad de hoy, las cosas más simples se están perdiendo. Escribir cartas es una de ellas. Mientras haya papel, bolígrafos, y las personas que les gusta escribir. Las cartas sobrevivir.

      Excelente noche
      Abrazo

      Excluir
  7. Bom dia Smareis.
    Que lindas as cartas de amor. É os tempos mudaram. Me fez até relembrar as cartas de amor que recebi. Eu namorei durante muitos anos um rapaz de longe e ele mandava inúmeras cartas de amor e ate hoje tem frases gravadas. Como ame que te ama,não quem te sorrir. Quem te sorrir te engana e quem te ama sofre por ti. Rsrs. Foi tão bom recordar as cartas de amor e muitas frases de amor que nelas contia. Enfim estamos em um novo tempo,onde as cartas foram extinguindo. Mas que é romântico acho que seja. Muoto mas que o um email. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Mirtes!
      Algumas são bem bonitas e românticas mesmo. Eu também já recebi muitas cartas. Todas as cartas de amor forma poemas, canções, frases, por isso que as pessoas gostam tanto. Principalmente os românticos. Quando alguém nós envia uma carta, e sinal que esse alguém se lembrou da gente com muito carinho. Enviar um e-mail e bem diferente do que uma carta. O e-mail além de rápido a gente pode enviar pra centenas de pessoas ao mesmo tempo. Agora a carta já tem todo um processo bem diferente. Requer tempo, papel, caneta, ir ao correios, sem contar que precisa de inspiração.

      Boa semana!
      Beijos!

      Excluir
  8. Bom dia, foi uma excelente pesquisa para partilhar as belas cartas de todas a que gostei mais foi a do Johnny Cash, hoje as cartas caíram em desuso.
    Continuação de boa semana,
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia AG!
      Eu também gostei muito da carta do Johnny Cash, Beethoven, Fiodor Dostoievski.
      Continuação de boa semana!

      Excluir
  9. Oi Smareis! Adorei seu post, as citações dos filmes Minha Amada Imortal e Johnny & June, são lindos...
    Há pouco tempo fazendo arrumação encontrei algumas cartas de amor, minhas e do ex, dei uma olhada por cima, decidi eliminá-las, mas ainda não tive realmente coragem, não se trata de algum sentimento amoroso, mas não deixa de ser história.
    Bons tempos de escrever a mão, mas como reviso muito o que escrevo, fica muito mais fácil escrever no virtual.
    Lembra-se dos telegramas para felicitar o aniversário ou alguma data? Nem telefone era acessível...muita coisa piorou, mas muita coisa melhorou, não podemos é perder a sensibilidade, a essência.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois de um tempo, guardada uma carta, imagino quantas lembranças... Realmente é uma História. Difícil eliminá-la.
      Eu gostei bastante do filme Minha Amada Imortal. Mais me apaixonei pela história de Johnny & June.
      A história é muito linda e os protagonistas atuam de forma incrível... Uma obra bem trabalha, com uma boa dedicação.
      A trilha sonora é simplesmente encantadora. Confesso que não curtia muito as canções de Johnny Cash, só que graças a esse longo, procurei saber um pouco mais da carreira dele e todo o seu repertório. Passei admira-lo bastante.
      Eu li que foram necessários quatro anos para que os produtores conseguissem os direitos de adaptação para o cinema com o autor James Keach, que era amigo da família Cash. Após este período foram necessários ainda outros quatro anos para que o filme fosse feito. Desinteresse das produtoras. Para quem gosta de se emocionar ao assistir um filme, recomendo.
      Que nunca nos falte a sensibilidade e a essência!

      Um abração!

      Excluir
  10. Conheço esta citação de Rubem e eu sou fã das cartas.
    Sempre gostei de escrevê-las e escrevia muito. Até para pessoas próximas - um passatempo cheio de sentimento e diversão. Mesmo hoje, com tanta tecnologia, ao enviar minhas artes, sempre vai um "escrevinhado à mão" rsrs.
    Há um tempo atrás rolava por aqui, na net, um clube de cartas, mas quando descobri para participar, não estava mais à ativa. Acho que nunca a tecnologia substituirá esse sentimento envolvido (pelo contrário: as pessoas nunca estiveram tão conectadas e tão distantes...), mas em termos de velocidade, é perfeita!
    Não assisti a nenhum destes filmes, mas vão para a listinha, quero ver!!!
    Belo post, novamente, parabéns!

    Abraços esmagadores e feliz dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou muito fã de cartas e cartões. Adoro escrever, não importa a forma, sempre me traz muito prazer, ler e escrever.
      Eu conheço o "Trocas de cartas" e "Mundo das cartas, São blogs. Pra participar é só preencher alguns dados e entrar para o clube.
      O filme é excelente Vale a pena assisti.
      Boa semana!
      Abraço!

      Excluir
  11. Hoje tudo é mais fácil do que era no passado. Para se escrever o que foi escrito era preciso papel caneta e tinta. Hoje basta ter um computador e dedos para clicar no teclado e é claro, tinta papel e impressora para imprimir. Tudo isso agora é muito mais rápido. Parabéns pelo trabalho da sua pesquisa que colocou ao dispor dos seus leitores)seguidores.
    Tenha uma boa tarde amiga Smareis, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (...) E a gente vai se acostumando com o que mais prático, fácil e rápido.
      Um abraço Edu!

      Excluir
  12. Boa tarde Smareis!
    Pois é, não sei como os correios ainda se mantêm, pois tenho certeza de que quase ninguém usa cartas para se comunicar mais. Lembro quando eu ficava ansiosa aguardando resposta de alguma carta enviada...demorava, mas tinha outro sabor...a facilidade demais nas coisas tende a deixá-las meio sem graça...o tempo espaçado entre uma carta e outra dava a elas um sabor especial e uma raridade extra.
    Muito belo e bem lembrado o seu texto. Um abração! Feliz semana.
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Ghost e Bindi!

      Enquanto existir correios, e pessoas disposta a escrever, as cartas irão sobreviver.
      Um abração pra vcs!

      Excluir
  13. Ola minha querida,
    Amei sua postagem. Aqui tem varias relíquias como Marilyn Monroe, Florbela Espanca e outros. Eu tenho coleção de canetas, embora hoje elas só sirvam pra enfeite mesmo.
    Andei Sumida sim, minha mãe faleceu e eu estou bem devagar.
    Beijos queridona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho coleção de canetas também Bandys. Volta e meia, elas sai da maleta pra formar letrinhas.
      Eu sinto muito pela tua mãe. Não sabia do acontecido. Que Deus lhe dê o conforto necessário.
      Beijos queridona!

      Excluir
  14. Verdadeiras preciosidades! Grata por trazê-las até nós.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Beautiful idea of posting.
    Letters are a witness to a man's life.
    Napoleon used to write many letters one day and was upset when he did not get an answer.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. It's really true: Letters are a witness to a man's life
      Un Abrazo

      Excluir
  16. Já escrevi muitas, muitas cartas de amor que, citando Pessoa, são /foram ridículas. Diziam respeito só a "nós " que entretanto deixou de ser. Odiaria que alguém as lesse.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que todas cartas de amor tem sua beleza...
      Beijinhos.

      Excluir
  17. Adorei ler estas cartas. Tenho um montão delas, namorei quase cinco anos, quatro dos quais por carta. Não serão tão amorosas como estas, foram escritas em teatro de guerra, e nem todas cá chegavam. Meu marido era militar e durante o namoro fez uma comissão na Guiné e outra em Angola.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas cartas deve ter se sido perdida em época de guerra. Devia ser angustiante, tanto para o remetente, quanto para o destinatário. A tecnologia ajudou bastante nessa parte, em relação as pessoas se comunicarem com as outras. Hoje você envia um e-mail em segundo de um País ao outro.
      A modernidade é outra coisa. Tem suas vantagens e comodidade.
      Um abraço!

      Excluir
  18. Adorei teu trabalho de pesquisa e compilação dessas cartas maravilhosas! VALEU! Muito lindo,adorei! bjs, bom te ver! Fazia um tempão! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Chica, eu andei mesmo um pouco ausente. Fazia um tempo que eu não passava por lá. Foi bom te ver!
      Beijos!

      Excluir
  19. Olá Smareis!
    Ontem tive um pouco de insonia e de madrugada, ainda na cama, li o teu post, mas não comentei, pois estava no celular e não gosto muito de comentar pelo celular. As letricas me incomodam, mas foi delicioso e relaxante ler, pois lembrei de tempos passados, aonde as cartas eram a mais pura emoção. Sim, sinto falta desta época, embora eu gosto muito de tecnologia. Mas as cartas eram um 'tudo' na vida de quem as recebia.
    Eu fiz um post sobre este assunto, pode ler aqui, se quiser. Vou tentar por um link. Ontem, fiz um nos coments do meu blog e deu certo, mas apaguei, foi somente um teste... vamos ver ... farelascarpetta-mariagloriadamico

    O filme Johnny e June eu assisti e gostei muito. Um grande amor! Sobre Napoleão, há uma lenda sobre as cartas que ele enviava para a adorada Josephinne. Bem, dizem que é lenda, mas que poderá saber fatosdesconhecidos

    Eu já escrevi algumas cartas de amor e depois de algum tempo, se tive oportunidade de ler, achava-as tão ridículas ahahahaha, Fernando Pessoa bem disse! Mas sempre gostei de escrever e, especialmente, de receber cartas.
    Não conhecia a carta da Yoko, adorei ler! Assim como gostei de saber das castas de tantos famosos que tu mencionaste aqui. Dá até para fazer um livro só sobre castas de amor, claro, deve existir algum.
    Amiguita, um beijito amoroso e muitos abraçitos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vim dar uma olhadinha, para ver se passei no aprendizado sobre postar links e fui bem bonitinha, não? kkkkkkkkkk beijocas!

      Excluir
    2. Um link foi incompleto, vamos ver se consigo:
      fatosdesconhecidos

      Excluir
    3. Meus comentários estava meio louco Glorinha. Estava restrito e eu nem vi, só percebi quando lia você aqui. Caracas, que louco!!!
      Eu vi o link, que me enviou, agora abriu. Pelo que leio a respeito, Napoleão era apaixonado pela tal Joséphine. Mais ela o traia enquanto ele estava no campo de batalha.
      Beijos !

      Excluir
    4. Que bom que conseguiu colocar o link certinho Glorinha. Quando eu comecei com meus blogs 2002, era necessário saber um pouco de html, JavaScript, e mexer nos programas de edição de imagem, se quisesse ter um Layout personalizado e bonito. Caso contrario, pagaria caro por um. Paguei por alguns Layouts personalizados, mas logo me interessei por html e resolvi aprender todos os tipos de códigos e edição de imagens para construir meus próprios Layouts. Fazer HTML não é difícil, é uma questão de querer aprender, ter paciência, não errar. Construí dezenas e mais dezenas de Templates e assessórios para meus blogs, e para alguns blogs amigos. Hoje você consegue Layouts de graça, e nem precisa editar códigos alguns.
      Continuação de boa semana minha amiga.
      Beijokas!

      Excluir
    5. Sim, a Zépha traía o Napoleão, eu vi uma série sobre a vida dele. Enquanto ele estava na luta, ela estava na festança. E foi o grande amor da vida dele. Depois ele ainda se casou com a Maria Luísa, que era irmã da princesa Leopoldina, casada com D. Pedro I.
      Pois eu preciso aprender sobre html para melhorar meu blog, nada sei. Alguns já peguei na net.
      Beijinhos amiguita e muito obrigado!

      Excluir
    6. Esse Napoleão também não era fácil em Glorinha.
      É bom sim aprender sobre html. Javascript e tantos outros códigos. Principalmente photoshop, photo filtre, photoScape, e tantos outros programas de edição de imagem que dá pra fazer muitas coisas bacana, gifs, animação. Eu me interessei tanto por códigos que acabei fazendo vários cursos alguns anos atrás. Eu sempre fiz meus Layouts, só esse que estou usando agora que baixei num site free e dei uma adaptada . Mais já estou me coçando de vontade de mudar novamente a cara do blog risos. vamos ver se aguento até no final do ano.
      Beijos amiga!
      Continuação de boa semana!

      Excluir
    7. Sabe Smareis, eu adoro mudança. Houve uma fase em que eu mudava o blog muito, as pessoas começaram a reclamar ahahaha. Agora mudo, mas demoro um pouquinho.
      Não sei se em Itu tudo é grande ahaha, mas o orelhão é e já vi as tais canetas grandes. Hoje em dia, perdeu um pouco a graça, mas antigamente quando se falava em Itu, todo mundo querida conhecer. A cidade é bem tranquila. Tem uma cafeteria por lá que gostamos de ir, compramos o pó de café deles, já que são donos de uma fazenda de café.
      Sim, a carta ao vivo é um dos luxos da vida, atualmente. Eu gosto muito. Hoje em dia, recebemos mais cartões postais, que também gosto.
      Paulo Coelho, li Diário de um Mago e faz muito tempo. Minha mãe adorava ele.
      Tenho paixão por flores silvestres, prefiro do que rosas. Acredita? Então, adorei as flores que recebi de você, fiquei encantada Smareis! Já estão em um vaso, sobre a mesa. Alegram e perfumam, muito obrigado.
      E já estou chegando, para lhe dar um beijinho e trazer flores, também para você. Acho que vai gostar, então teremos um final de semana perfumado e florido. Mais beijinhos querida amiga.

      Peônias

      Excluir
    8. Sou um pouco perfeccionista, e adoro mudanças. Alguns anos atrás eu mudava o visual do meu blog toda semana. Hoje em dia sou mais controlada.
      Pois é Glorinha, antigamente Itu era o significado de coisas grandes, risos. O povo era muito curioso em relação a isso. Hoje acho que perdeu um pouco a graça. As pessoas já não falam muito a respeito.
      Essa semana eu estava lendo uma entrevista de uma apresentadora, ela dizia que o que fez voltar com o ex-namorado era as cartas que ele enviava com flores todos os dias. Achei muito romântico. As cartas tem um poder muito grande.
      Eu adoro receber cartões postais, tenho coleções dele. Eu não sou muito fã do Paulo Coelho, mais conheço o trabalho dele, e acho-o um grande escritor.
      Adorei a Peônias. Lindas! Obrigada minha amiga!
      Um bom fim de semana cheio de coisas boas.
      Beijos, abraços, flores e sorrisos pra ti!

      Excluir
  20. Olá Smareis,
    Eu até acho que num email podem pulsar
    emoções, sentimentos, carinhos e saudade!
    A diferença é que não são escritos à mão.
    Mas escrever cartas é uma arte que
    transmite apreço, zelo e delicadeza. Acho bonito.
    Linda demais a escrita de Johnny Cash para June Carter
    e amei a frase de Rubem Alves no final da postagem ;)
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa carta do Johnny Cash para a June demostra o quando ele a respeitava e a amava. O filme Johnny & June e lindo. Vale a pena assisti.
      Beijos Clau.

      Excluir
  21. Oi Smareis, que bela pesquisa, numa maravilhosa partilha.
    Não li nenhuma completa mas voltarei aos links. Imagino a de Florbela e a de Romeu, como também a de Pessoa. Fui um escrevinhador de cartas e na época considerado um bom. Nos namoros sempre de outra cidade, as cartas eram minha vida e lembro das que vinham com talco, pétalas secas de rosas e ou com perfumes. Era lindo sim. Quando morava em São Paulo era uma agonia a espera do carteiro de dois em dois dias, nos anos 70. Não creio que volte amiga, mas sei que muitos adeptos mantem este costume lindo e que aprimora a escrita.
    Bem gostei.
    Bjs e que a semana esteja bela e leve.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que falta nos e-mails são esses detalhes Toninho. As cartas têm todo esse aparato. É muito bom, receber umas cartas perfumadas, com pétalas secas. Nos anos 70 a tecnologia estava atrasada ainda, e a dificuldade era maior nos envio de cartas. A modernidade chegou pra ficar, quem não se adapta a ela, estar fora do mundo.
      Continuação de boa semana meu amigo!
      Beijos !

      Excluir
  22. Respostas
    1. Um abraço Francisco!
      Continuação de boa semana.

      Excluir
  23. Cartas para enmarcar plenas de contenido y aleccionadoras.
    Me ha encantado leer tanta cosa práctica y ejemplares.
    Abrazos y Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abrazos Pedro
      Continuación de buena semana.

      Excluir
  24. Quanta carta-sabedoria!
    Quanta sabedoria-carta!
    Amei.

    abraço
    LOla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abraço Lola!
      Continuação de boa semana.

      Excluir
  25. Magnífica entrada, bonitas y curiosas cartas.Te agradezco tu paso por mi blog y tu comentario.Besicos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abrazos Charo
      Continuación de buena semana.
      Besicos

      Excluir
  26. Agradeço a visita e a partilha de deste óptimo espólio .

    Beijo grande , Smareis ,
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beijos Maria!
      Continuação de boa semana!

      Excluir
  27. Estava construindo umas páginas para o blog, e nem percebi que os comentários ficaram restritos. Não sei o que houve, só percebi agorinha. Desculpa-me se alguém passou por aqui e não conseguiu comentar.
    Smareis :) :)

    ResponderExcluir
  28. Love it! Great post hun!

    BEAUTYEDITER.COM

    ResponderExcluir
  29. Olá, Smareis
    Acgei muito interessante o tema desta postagem.
    Como sou do tempo em que cartas escreviam-se à mão (não por email) e desse modo namorei três anos... acho que eram muito mais românticas essas cartas.
    Não sou contra a tecnologia, pelo contrário, penso que nos dias de hoje não seríamos nada sem ela. E quem tem tempo, nos dias que correm, para escrever manualmente? Só as Finanças, para nos cobrar impostos atrasados rsrsrsrsrsss

    Adorei ler todas essas cartas de amor, até porque conhecia muito poucas das que nos mostras.

    Continuação de boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não sou contra a tecnologia Mariazita. O desenvolvimento veio pra ajudar e muito a vida de todo mundo... Eu não saberia viver sem tecnologia nos dias atuais. Quase tudo que eu faço hoje em dia, eu dependo dela. A modernidade é muito boa.
      Continuação de boa semana.
      Beijinhos!

      Excluir
  30. Very, very sensitive meditative essay about letters and correspondence; I agree that in these days, just few letters are send or received, as we used to do while ago. Most written greetings cards in family are received at holidays. We live in hurry and it is a shame to remain with the idea that we must read about the correspondence, as it used to be in the old good days. Now, everyone is mailing, texting on various gadgets &social media supports.
    So lovely tribute to your friend, Isabel! Also, amazing fragments of letters. Thank you for sharing all of these with us!
    A nice day and weekend! Salutari cordiale!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lately people are not sending as many letters as they used to be. There are still others who have not left the habit of giving friends with postcards, and others with letters ... Isabel was a person who loved sending cards to friends.
      A nice weekend
      Hugs Alexa

      Excluir
  31. Hi Smareis, Simply a beautiful post. I love this and I still love a written letter. Even with all the instant of emails receiving a hand written letter is still something you can touch and hold and return to many times. Thank you for sharing these inspiring love letters.
    Hugs and have a nice weekend dear one! xo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi Celestina, I also really like to send letters and postcards, I really like letters written by hand. I love sending and receiving too. This is the most loving way to remember who we love.
      A good weekend dear!
      Hugs

      Excluir
  32. Hello, lovely letters and post. Thanks for sharing. BTW, I love the song you have playing in the background. Happy Friday, enjoy your weekend!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello eileeninmd
      Glad you liked the song. I really like Ron Pope's songs, including this "Let Me Go" that is very successful.
      Have a good weekend, my dear.
      A big hug

      Excluir
  33. Post muito interesante e ternurento; sou do tempo das cartas, claro e escrevi e recebi muitas, pois o meu namorado ( meu marido agora ) esteve dois anos na Guiné, no serviço militar; havia guerra com as colónias portuguesas que queriam a independência e ele voltou precisamente na altura em que se deu o golpe aqui em Portugal, a 25 de Abril de 74, terminando a ditadura e consequentemente se deu a independência às colónias. E assim andavam cartas para lá e para cá, demorando sempre muito tempo a chegar. E os cartões de Natal, Smareis? Em Novembro ainda lá começava eu a prepará-los para enviar o mais depressa
    possivel, pois nessa quadra festiva atrasavam muito; depois colocava-os junto da árvore de Natal e eram muitos que vinham dos familiares e amigos; depois foram substituidos pelos e -mails e agora ainda se simplificou mais, enviando curtas mensagens pelo celular ou pelo whats'app. É mais prático, mas mt mais impessoal; como fica mais barato, o telefonema deixou de se fazer e o carinho sentido pela voz do amigo ou familiar que nos telefonava terminou. E assim, amiga se vão perdendo afetos antes transmitidos por longas cartas cheis de palavras carinhosas e por telefonemas que nos alegravam o dia. Obrigada por nos dares a conhecer estas lindas cartas de amor que não conhecia, mas a que mais me tocou foi a da Yoko, não por ser mais bela do que as oitras, mas sim pela importância dos Beatles na minha geração e também por gostar muito das músicas do John Lennon.
    Smareis, além do post ser muito, muito interessante, o cafezinho também estava uma delicia, portanto cá estarei um dia destes para continuarmos a " conversinha"; o tema serás tu a escolher, certo? Um bom fim de semana e que o amor nunca te falte, mesmo com muitas saudades das famosas cartinhas. Beijinhos
    Emilia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devia ser um tempo de muita preocupação com seu namorado na época né Emília? Uma guerra é sempre muito dolorosa para todos os envolvidos. Devia ser angustiante saber que um ente querido estava participando de uma guerra, e o único contato era só por carta. Muitas correspondências deveriam ter sido extraviadas, ou perdidas nas viagens, sem chegar ao destino. Hoje existem a redes sociais, em segundo se envia um e-mail, faz uma ligação, a modernidade é outra coisa. Com o passar dos anos os avanços tecnológicos ficaram cada vez maiores. Saindo de séculos de atraso para uma revolução tecnológica em poucas décadas.
      Todas essas cartas são bem curiosa Emília, além da carta do Beethoven, e do Fiodor Dostoievski, achei bem romântica.
      Que bom que o cafezinho estava bom. Fico feliz. Sempre é muito bom te receber aqui Emília.
      Uma boa semana!
      Um beijo, e um sorriso.

      Excluir
  34. Smarreis amei a sua postagem, época de romantismo e as cartas e bilhetes expressavam bem o amor que se nutria ao outro, ou o desgosto do preterido...
    Namorei um maestro e guardo até hoje canções e versos que compôs para mim, são preciosidades que nos aquecem em noites mais geladas...
    Como guardo com muito carinho, as cartas de uma amiga, que nunca deixou de me escrever e ajudou a me levantar, quando adoeci. Nos correspondemos por 30 anos. Ela veio em um evento que promovi aqui, em 2009, como foi bom rever minha amiga Constância, infelizmente, faleceu em 11.11.2011. Interessante ela parece que sabia, temia muito essa data... Deixou um grande vazio em minha vida, era como uma irmã....
    Amei, feliz escolha do tema e das cartas!
    Feliz final de semana, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma época sim, de muito romantismo Maria Teresa. E esse romantismo de antes, hoje em dia esta um pouco em baixa. Eu também perdi uma amiga muito querida. Essas perdas sempre deixa grande vazio.
      Boa semana!
      Abração!

      Excluir
  35. Tens o condão de me levar a tempos e lugares de muitas Memórias.
    Na Guerra de África, as Cartas e Missivas escritas, eram o ânimo que fazia a diferença entre sentir-se vivo e vitorioso e o desânimo total.
    Ainda sinto essas ânsias de quando aguardava o Correio que me chegava de Familiares, Amigos e ... Amores.
    Muito bom e oportuno Post.


    Beijo

    SOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Épocas de muitas lembranças que você deve guardar pra sempre né Sol?
      Boa semana!
      Beijo!

      Excluir
  36. Fantásticas as cartas de amor que encontrou. Agora já ninguém as escreve. Eu também escrevi cartas de amor e outras. Às vezes tenho saudades desse tempo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça, se não fosse essa tecnologia de hoje, a gente não conheceria cartas que foram escritas a tanto tempo por personalidades importantes. O mundo moderno tem essas vantagens.
      Beijo!

      Excluir
  37. OLÁ,
    Cheguei até você através do belíssimo blog CASA DE MADEIRA da Janicce o qual sou seguidor faz muito tempo e quando li seu comentário sobre anjos tive a ideia de convidar você para que conheças os meus blogs .Ficaria muito honrado de pudesse ter você como minha leitora e quem sabe seguidora. Afinal a gente escreve para alguém concorda? A maioria dos seguidores da Janicce são meus também , mas no seu caso acho que não. Vamos compartilhar?
    Fique com Deus.
    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vindo Paulo!
      Obrigada pela presença!
      Sera um prazer em conhecer seu blog.
      Um abraço!

      Excluir
  38. Ainda me lembro de algumas cartas que escrevi... incluindo de amor...
    Hoje, quase ninguém as escreve. Mas eram muito mais românticas que o e-mail...
    Um magnífico post, para ler e consultar sempre que necessário, pois tem cartas célebres.
    Smareis, um bom fim de semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com essa vida moderna, e tão corrida, são poucas as pessoas que ainda utiliza cartas em vez de e-mails.
      Boa semana!
      Abraço Jaime!

      Excluir
  39. OI SMAREIS!
    NÃO LI TODAS MAS, MUITAS E ADOREI.
    TE DIGO AMIGA QUE MEU FILHO MAIS NOVO O TIAGO, ESTÁ MORANDO NOS ESTADOS UNIDOS E EMBORA FALE COM ELE DIARIAMENTE E GRAÇAS A MODERNIDADE, COM VÍDEO, QUANDO A POUCOS DIAS MEU FILHO DO MEIO O ALESSANDRO FOI VISITAR O IRMÃO, EU ESCREVI UMA CARTA PARA QUE ELE A LEVASSE POIS, TAMBÉM AVALIEI QUE SERIA UMA FORMA DE CARINHO DIFERENTE, ESPECIAL E FOI, O TIAGO FICOU MUITO FELIZ COM A MESMA. ENTÃO AMIGA É POR AI, UMA CARTA REPRESENTA MUITO PARA QUEM A RECEBE, EU PENSO ASSIM.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Zilani, seu filho deve ter ficado muito feliz quando recebeu a carta. O carinho foi dobrado. Uma carta desperta mais sentidos, pode ser tocada, ter um cheiro especial, não é só texto e pronto. Ela envolve mais estímulos. Representa muito para quem o recebe com certeza.
      Abraços!

      Excluir
  40. Agora já ninguém escreve cartas, pois a tecnologia avançada e os tempos mudaram isso tudo.
    gostei bastante de ler estas e todas fazem muito sentido.
    um bom domingo
    um beijo
    :)

    ResponderExcluir
  41. Fez uma escolha preciosa, pois todas as cartas que escolheu são lindas.
    Hoje restam as recordações desse tempo em que a carta era o meio principal de comunicação.
    Embora sinta uma certa nostalgia dessa época, pois adorava escrever e receber cartas, como tenho a minha filha a viver em Macau, nem quero pensar como seria difícil se comunicássemos apenas por carta, ter de esperar uma "eternidade" para receber e dar noticias iria ser um pesadelo para mim.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje com a modernidade tudo é mais fácil e rápido.
      Boa semana Maria!
      Beijinhos!

      Excluir
  42. Oi Smareis! Poxa escrever e receber carta física, e´muito, mas muito bom!É de uma elegância e bom gosto incomparável! Infelizmente, já não temos mais esse costume e a internet, como você mesma disse supriu essa necessidade e infelizmente creio eu que a moçada de hoje saiu e muito no prejuízo.... E as coleções de selos iniciadas, a partir do recebimento de cartas!Poxa o mundo perdeu essa magia e e poderia, ao menos ter levado o pesadelo das contas a pagar junto! rsrs Postagem bem bacana e saudosa viu! Grande beijo e deixo, aquele abraço apertado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beto!
      Em plena era dos e-mails, redes sociais, aplicativos, vice-presidentes ainda mandam cartas uns para os outros... Acho que eles gostam de ser gentil, ou pensam que é o meio mais seguro, risos.
      Saber que alguém reservou um tempo especial pra escrever uma carta pra gente, e muito bom. Elegância sem igual!
      Seria perfeito se as contas a pagar fosse embora também :)). Mais acho que aumentaram ainda mais :)... Com essa vida moderna aparece conta de tudo é lado.
      Beijo e abraço apertado.
      Boa semana!

      Excluir
  43. É bem interessante escrever cartas! Eu sou do tipo antigo, rs .. Gosto de escrever cartas a punho, acho bem legal, e as palavras ficam mais lindas, e demonstra mais amor.
    Sobre as cartas encontradas, li cada uma, e achei lindas... As de Romeu e Julieta são bem famosas.

    Daniele

    Dezesseis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que eu também Daniele. Adoro receber, e enviar cartas e cartões.
      Boa semana!

      Excluir
  44. Excelente post, Smareis! Além de proporcionar uma grande reflexão sobre o amor, nos traz também uma bela aula de história! Gostei, particularmente, de saber sobre Napoleão e Marx, que eu jamais imaginaria românticos! Obrigado, boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Carta de Karl Marx me surpreendeu, mais do que a do Napoleão. Eu não imaginaria que ele fosse tão romântico.
      Boa semana Árabe!

      Excluir
  45. Tienes un excelente blog y este post me parece muy interesante.

    ResponderExcluir
  46. Que postagem incrível, Smareis! Inclusive vou compartilhar nas minhas redes sociais. Adorei cada detalhe. Belíssima pesquisa.

    Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fique a vontade Aline. Pode compartilhar!
      Beijos!

      Excluir
  47. Ainda escrevo postais ilustrados....

    Gostei imenso de ler estes exemplares

    Beijinho e Julho feliz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto muito de cartões postais. Ainda envio bastante.
      Beijos, e um bom mês de julho São.

      Excluir
  48. Oi Smareis
    Hoje já não escrevemos cartas mas acho que alguns de nós ainda recorda a emoção de ver o carteiro chegando com uma cartinha na mão. Parecia que havíamos recebido um tesouro e na verdade era pois naquelas linhas estavam registradas os sentimentos e emoções de alguém que nutria por nós um afeto sincero. Hoje ainda me emociono com as cartinhas dos meus alunos que não chegam pelo correio mas são entregues por mãozinhas trêmulas de emoção
    E eu com os olhos marejados recebo aqueles tesouros que guardo com muito carinho. A tecnologia é fantástica e nos aproxima numa rapidez incrível mas escrever que seja um bilhetinho faz uma enorme diferença
    Achei esse seu trabalho de pesquisa fabuloso e foi agradabilíssimo ler estas pérolas.
    Beijos com ternura minha querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Difícil não se emocionar com carinho de criança Gracita. Sempre são muito sincera e verdadeira. Quando eu era criança, adorava escrever cartinha pra minha professora no colégio. Eu acho que a maioria das criança gosta de escrever cartinha, mesmo com esse mundo cheio de modernidade.
      Um bom fim de semana!
      Beijos minha querida.

      Excluir
  49. Eu não acho que agora alguém pode Como uma bela cartas de amor para escrever. Agora esta é a internet e as pessoas o suficiente, o que é uma vergonha. Prazer em ler todas as cartas citadas por você. Saudações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou de ler as cartas Giga. Fico feliz!
      Saudações!

      Excluir
  50. Cierto que hay una gran diferencia entre escribir a mano y enviar por correo ordinario una carta o hacerlo por esta vía de Internet. No puede negarse. Son los tiempos. Y más para quienes esto de ahora representa la "modernidad". Que no es sinónimo de "positivo". ¡Es, simplemente!

    Los tiempos! Como tiempos son los que hasta las llamadas telefónicas son sustituidas por los mensajes de textos del WhatsApp.

    La colección de cartas, si bien destacables, como tantas que unos y otros habremos escrito alguna vez...

    Abrazo, Smareis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoy en día la gente prefiere más mensajes de WhatsApp, o redes sociales.
      Abrazo Ernesto
      Buena semana

      Excluir
  51. Z przyjemnością czytałam listy. Kiedyś dużo pisałam listów, teraz zostaje rozmowa przez telefon. Zostało mi w nawyku pisać kartki na święta. Pozdrawiam serdecznie.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jest bardzo miło otrzymać pocztówek w czasie świąt lub innych specjalnych dni.
      przytulić

      Excluir
  52. Olá Smareis,
    Desculpe a minha demora em te responder, mas adorei ler o seu comentário no meu blog. Fico muito feliz que tenha gostado do meu poema e tbm da imagem. Eu tbm gostei do seu blog e com certeza voltarei muitas vezes aqui.
    Te desejo uma ótima semana!
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será sempre bem vindo Alécio.
      Uma ótima semana!
      ABÇ

      Excluir
  53. Oi Smareis adorei esse post, ainda mando cartas e postais;
    tenho amigos que preferem assim; principalmente quando são poetas
    e escritóres.
    Faço parte de uma turma que gosta de mandar postais, faz algum
    tempo que quero estender esse convite pela casamadeira mas não sei como
    fazer. Então... estava pensando em uma chamada para troca de postais no
    Natal, o que achas?
    Abçs.
    janicce.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho muito legal essa chamada de troca de postais no Natal. Faz a postagem convidando Janicce que da minha parte eu participo, e tenho certeza que muitos irão participar... Em data especiais sempre é muito bom receber e enviar postais.
      Abç e boa semana!

      Excluir
  54. Boa tarde minha querida amiga, desculpe ausencia, dei um tempo aqui, cursos, enfim,, voltando aos poucos, comecei a postar no instagram tb..
    o ato de escrever cartas, poemas. é majestoso,, amo o manuscrito assim como passei teu soneto,, falam muito bem da minha letra.. pena que muitas não querem saber de pegar uma caneta na mão né vivem no celular srs
    beijo carinhoso minha querida Smareis até sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde meu querido amigo poeta!
      Quanto tempo! Estava com saudades! Eu também tenho ficado bastante ausente, mais vamos levando a vida, deixando ela seguir seu curso... Tua caligrafia é muito bonita mesmo. O povo quer mais é usar os dedos nas teclas, em vez de usar as canetas. Fazer o que né? É tempo da modernidade, então vamos aproveitar.
      Beijos meu amigo!
      Bom fim de semana!

      Excluir
  55. Amiga, gostei muito de ter lido todas as cartas que inseriu.
    Durante muitos anos(mais de 20) escrevia uma carta diariamente
    para uma amiga e ela para mim.Trabalhávamos ambas, éramos casadas,
    elacom filhos, mas a n<7mizade foi superando tudo isso, e havia sempre tempo para escrever a carta a falar das coisas da n/vida.
    Sei a importância da ansiedade em receber uma carta.
    Sei do valor de uma carta.
    Depois com os computadores, cm os emailes, tudo mudou.
    Gostei muito deste seu post.
    Beijinho
    Irene Alves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom receber cartas, principalmente de pessoas querida por nós.
      Um bom fim de semana Irene.
      Beijo!

      Excluir
  56. No lo voy a negar que escribía cartas, cuando aún ni siquiera se pensaba en esta rápida, e instantánea tecnología del internet, que abrió las puertas al correo electrónico. Con las carta entre sutiles de amor y erógenas, como de la vida misma, que escribía a mis amigas e íntimas, y amigos, fui haciendo espacio para la literatura. Me seducían las misivas de Vargas Vila, como las epístolas de Simón BOlívar a sus amantes. Alguna vez, tropecé con una de James Joyce, a una íntima que llamaba conejito, en alusión a su pubis. Como otras dulces. ERa un placer escribir y mandar cartas. En algunas se me fue el corazón. UN abrazo. Estpendo post. Carlos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todavia me gusta enviar cartas y tarjetas en fechas especiales. El fin de semana Carlos. Abrazo

      Excluir
  57. Boa noite, Li algumas cartas, as que mais me sensibilizaram : a da Yoko Ono e do Karl Max, gostei imenso. Tempo de emoções,receber uma carta de amor momento tocante. Adorei seu rico espaço. Voltarei outra hora para ler mais cartas.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela presença querida!
      A carta do Karl Max é cheia de romantismo, também gostei bastante.
      Será sempre bem vinda! Bom fim de semana!
      Abraço!

      Excluir
  58. Belíssimo post, cartas incrivelmente lindas!!
    Desejo-lhe dias suaves e inspiradores.
    beijos
    Joelma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dias suaves e inspiradores pra ti também Joelma.
      Beijos!

      Excluir
  59. Smareis, querida amiga! Boa tarde!
    Deixo um beijinho de saudades e hoje, tem festa lá no meu blog, um prazer ter você por lá.

    ResponderExcluir
  60. Querida amiga Glorinha, ficou linda a festa! :-bd .Adorei!
    Bom fim de semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  61. Ah velhas cartas de amor!...
    Mais romântico, diria,
    Tal modo onde a poesia
    Tinha maior esplendor.

    O e-mail é um vetor
    Amorfo. É uma via
    Onde não há fantasia
    E se esvai no computador.

    Antes se guardava a carta
    E enfartava a ama farta
    De sonhos e de esperanças

    Do enlace de uma união
    Que sufocasse a paixão
    Depois de haver alianças.

    Belíssima postagem! Abraço. Bom fim de semana. Laerte.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo poema Laerte!
      Continuação de boa semana!
      Abraços!

      Excluir
  62. Feliz semana, com belos e contagiantes sorrisos de felicidade.
    AG

    ResponderExcluir
  63. Boa noite Smareis! Depois de um tempo mais prolongado atualizei o blog. Espero que tudo esteja bem com você . aguardo você por la´! abraço e beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi poeta, tudo bem graças a Deus.
      Estarei passando por lá. Me aguarde!
      Beijos e sorrisos!

      Excluir
  64. Cartas muito bonitas que li na integra há bem pouco tempo.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acima já tem nova postagem Elvira.
      Um abraço!

      Excluir
  65. Quanta saudade menina, escreve-me uma carta! Só conheço o carteiro para receber encomendas e contas para pagar.
    Ficarei aqui até que tu queiras mas com prazer.
    Bjs

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd



Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte — impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única. (Osho)

Links de propagandas e comentários anônimos, serão excluídos automaticamente, a não ser que se identifique com seu nome e endereço do blog/site.

Obrigada pelo seu comentário!
Thanks for the comment!
Gracias por tu comentario!
Merci pour le commentaire!