Histórias e Amores...

A literatura é cheia de histórias românticas e inesquecíveis. Quem nunca torceu por um final feliz enquanto lia um romance, ou, ao assistir um filme?  Mas nem todas histórias de amor terminam com “e viveram felizes para sempre”.  

Romeu e Julieta - Um amor trágico entre duas famílias inimigas.

Provavelmente a história de amor mais triste de sempre, Romeu e Julieta de William Shakespeare, conta a história de dois adolescentes de famílias inimigas, que se apaixonam à primeira vista e se casam secretamente. Para conseguirem estar junta, Julieta finge a própria morte, mas a falta de comunicação entre os dois jovens apaixonados trará consequências trágicas para os dois jovens apaixonados. Romeu não sabe que Julieta está só fingindo que está morta e se mata ao lado do corpo da sua amada. Esta, ao acordar, vê o seu amor morto do seu lado e se mata também. Bem triste, não acha?
A mensagem desta obra? Shakespeare mostra que o ódio entre as duas famílias apenas lhes trouxe sofrimento.


O morro dos ventos uivantes - A luta entre amor e vingança.

Na obra imortal de Emily Brontë, Cathy e Heathcliff, apesar do amor que os une, não podem ficar juntos devido à condição social de Heathcliff, criado da família. Este, após se tornar rico, em vez de lutar pelo amor de Cathy, planeja uma terrível vingança contra ela. Antes de Heathcliff poder se vingar, Cathy morre ao dar à luz o filho do homem com quem acabou por casar. Heathcliff, arrependido, leva uma vida triste e solitária e, quando morre, é finalmente enterrado junto do seu amor, Cathy.
O que esta história nos diz? A vingança não traz felicidade e a vida é curta demais para viver com rancor. Nada de sentimentos maus, se você ama alguém, lute por essa pessoa!


Anna Karenina - Uma mulher atormentada pelo amor e ciúme.

Anna Karenina, ou Ana Karênina, em algumas traduções, ou Anna Kariênina, conforme a edição mais recente em língua portuguesa, é a personagem principal da obra com o mesmo nome, de Tolstoi. Casada com um político russo e apesar de ter tudo na sua vida, sente-se vazia e encontra o verdadeiro amor com o Conde Vronsky, com quem tem um caso. O casal apaixonado foge, mas Anna suspeita que o seu novo amor a trai e se torna cada vez mais paranoica. Anna Karenina fica doente e acaba por morrer, sem ter sido feliz com o homem com quem fugiu.


Diário de uma Paixão - Um amor que ultrapassa obstáculos.

Diário de uma Paixão, de Nicholas Sparks, conta a história de Noah, um homem idoso que está lendo uma história de amor a uma mulher num lar. Ao longo da leitura do livro o leitor começa a perceber que a mulher idosa é Allie, que é na verdade esposa de Noah e o amor da sua vida, que sofre atualmente de Alzheimer. Allie ouve atentamente a história que o seu marido lhe conta sem saber quem ele é. Noah conta então como os dois se apaixonaram na adolescência e como resolveram casar contra a vontade da família de Allie. No final da história, apesar do Alzheimer, Allie consegue reconhecer o seu marido. Os dois terminam abraçados, acreditando que irão morrer juntos.  


P.S. Eu te amo - Nunca é tarde para dizer que ama alguém.

Este livro conta a história de Gerry, um homem que ao descobrir que está doente prepara uma série de cartas e outras surpresas para a sua esposa Holly que se encontra devastada com a perda do marido. Com a ajuda das cartas, conselhos e presentes que o seu marido planejou para a sua esposa receber durante um ano, Holly consegue ultrapassar a dor, voltar a sorrir e descobrir um novo rumo para a sua vida, incluindo a sua verdadeira vocação profissional. Este livro mostra que o amor verdadeiro nunca morre.  


Para terminar quero mostrar  a maior loucura de amor que George Boldt preparou para a sua esposa, Louise. História real.

Ambos viveram durante os primeiros anos do século XX, em Nova Iorque, e eram MUITO apaixonados. Por sorte, George era um homem financeiramente bastante abastado, por isso não punha limites à sua imaginação quando o assunto era surpreender a mulher!
Para celebrar o aniversário de Louise (e do Dia de São Valentim, já que a esposa nasceu em 14 de fevereiro), o Sr. Boldt decidiu materializar todo o amor que sentia com um gesto que só se vê em contos de fada: comprou uma ilha inteira em homenagem à esposa!
Boldt alterou o terreno da ilha para que ficasse com forma de coração e começou então a construção de um castelo com 120 quartos. 
Mas, a vida dá voltas, e algumas podem não ser nada divertidas… Em 1904, aos 41 anos, a mulher de George morre devido a um problema cardíaco, pondo fim ao conto de fadas que viviam.
Em grande depressão, o Sr. Boldt ordena que as obras do castelo que mandara construir no centro da ilha fossem canceladas e nunca mais voltou a pôr os pés naquele lugar…
Mas, em 1977, inspirados pela história de amor frustrada do casal Boldt, a empresa Thousand Island Bridge comprou a ilha e deu continuidade ao projeto inicial de George, terminando de construir o castelo e todos os outros atrativos previstos para a propriedade.
Atualmente, a ilha Hart  - sim, soa mesmo a heart (“coração”, em inglês) – é considerada um dos marcos mais românticos do estado de Nova York! Uma parada obrigatória para todos aqueles que acreditam no amor, mesmo que seja para além desta vida…

Fontes e informações: Aqui

E você, já cometeu alguma loucura de amor? Ainda consegue se lembrar? (Sorrindo).

Obrigada a você pelo carinho da visita!
Uma ótima semana cheia de energias positivas.
Um grande abraço!

Até a próxima postagem!






127 comentários:

  1. Uma série de histórias de amor, que não terminaram bem, e que por isso se tornaram famosas. E que encantam gerações, apesar de hoje em dia as pessoas terem pouca paciência para histórias que terminam mal. Quando começo a publicar uma nova novela, os leitores que me visitam começam imediatamente a pedir um final feliz. Lembro que uma altura escrevi uma que terminava de forma trágica, e foi um Deus nos acuda. Talvez porque actualmente, a felicidade anda um bocado arredia da humanidade.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Elvira, eu também torço sempre, para um final feliz. Seja livro, filme, novela, contos, vida real, etc. Acho que a maioria das pessoas gosta, e torce, por história que tenha final feliz. Quanto as suas novelas. Todas que eu já acompanhei em seu blog, são de nível altíssimo. Maravilhosas! Você consegue prender seus leitores do primeiro ao ultimo capitulo. O “Estranho Contrato”, está um delicia de ler, estou adorando, e torcendo para que tenha um final feliz.
      Beijos e boa semana!

      Excluir
  2. Olá,Smareis, Gostei muito,agora, para quem tem o prazer de viver 34 anos com a mesma pessoa, todo dia é um loucura de amor.
    Um abraço, paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente Geraldo. E esse 34 anos é o resultado de muito amor, isso que é lindo. Parabéns!
      Abração!

      Excluir
  3. Olá Smareis, eu adorei o livro de Léon Tolstoi. Vi também o filme com a Sophie Marceau que interpreta Anna Karenina. Para mim foi a melhor adaptação do livro.
    Concorde com você quando diz que devemos lutar pela pessoa amada.
    Obrigada por este post inspirador. Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Livro é fantástico, o filme eu ainda não assisti. Agora me deu vontade de assisti, risos. Pretendo assisti em breve.
      Abração!

      Excluir
    2. Olá Smareis! Você vai adorar o filme:) Boa semana :)

      Excluir
    3. Eu vou sim, estou na expetativa nesse fim de semana em assistir.
      Obrigada pela diga.
      Beijos e boa semana!

      Excluir
    4. Olá Smareis - Espero que passou um Bom Natal. Hoje publiquei um escritor que escreve sobre historias de amor e de relacao homem-mulhere. Quando tiver tempo venha visitar. Penso que é um autor que você iria adorar. Muitos Beijinhos

      Excluir
  4. Hello, the first two are my favorite stories. I have been to the Boldt Castle, it is amazing. Have a happy day and week ahead!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I also loved the first two eileeninmd
      How cool you've been to Boldt Castle
      I really want to meet this castle one day.
      Good week
      hug

      Excluir
  5. Oi Smareis
    Histórias de amor sempre trazem no seu enrendo uma forte comoção e muitas delas envolvem tragédia
    Quando o amor é calmo e sereno deixa vida mais doce rsrs
    Eu nunca cometi uma loucura por amor. Posso te dizer que tive grandes decepções envolvendo este sentimento
    Beijos e uma linda semana querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Loucuras de amor eu cometi aos 18 anos. E decepções, eu já tive algumas, o importante é que a gente aprende com cada uma delas.
      Beijos e uma boa semana Gracita!

      Excluir
  6. Smareis
    Na verdade a literatura tem muita a variada fição romântica. Sendo eu muito eclético, particularmente em leituras, até por dever de ofício, ao longo da vida viajei muito por leituras de caráter romAntico. Nomeadamente, Camilo Castelo Branco. Os primeiros três que citas li. Curiosamente, Os Montes Uivantes, aqui o título foi taduzido por: Montes dos Vendavais, naturalmente, para driblar a feroz censura da época. No Brasil, uma das tradutoras, será Maria Renata Parreira Cordeiro (?) (dito por ela), que é tradutora em cinco línguas, o que pode confirmar, uma vez que me fez chegar, alguns livros que traduziu. O teu post é sempre atual.
    Agradeço que veja, leia e comente BRASIL - O SORRISO DE DEUS.
    Agora com o Capítulo: MANAUS E A DIPLOMACIA PORTUGUESA.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gostei muito dos três primeiros livros Daniel. Tem livro que a gente nunca esquece, fica na memória.
      Vou passar por lá pra ler a sua atualização.
      Beijos!

      Excluir
  7. Boa noite Smareis!
    Todas são lindas histórias de amor, não importa se em ficção ou realidade. Os livros. li todos...Anna Karenina me marcou profundamente, pois é intensamente trágico.
    O filme do adorável irlandês que se preocupou em deixar recados para a esposa após sua morte, é muito doce apesar de triste.
    Todo amor dá boas histórias...sempre vale a pena amar.
    Uma feliz semana pra você!
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Ghost e Bindi.
      Difícil esquecer Anna Karenina né? Me marcou bastante também . P.S. Eu te amo, embora triste é maravilhoso. Gostei muito, e me emocionei com a história.
      Sempre vale a pena amar, amar e amar...
      Boa semana pra vocês.
      Abraço!

      Excluir
  8. Ola querida Smareis.
    Nossa adorei reviver livros e filmes.
    Minha maior loucura de amor foi casar com 18 anos.
    Mas valeu a pena.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha também foi aos 18 anos Bandys. Sempre vale a pena, quando é feito com amor, e por amor.
      Beijos!

      Excluir
  9. Olá Smareis,
    Algumas histórias de amor são trágicas,
    tristes, e até deprimentes.
    Quando amamos alguém apesar de tudo,
    ou por causa de tudo, não deixa de ser uma loucura!rs
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São mesmo Clau. Tem história que deixa a gente até deprimida. Do jeito que o amor anda tão desgastado entre as pessoas... Amar alguém de verdade, ou ser amada, já é uma loucura de amor.
      Beijos!

      Excluir
  10. Já cometi algumas, não foi só uma.
    Mas vale sempre a pena.
    Boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre vale a pena Pedro. Semana passada em plena 19hrs quarta-feira, eu ouvi um som muito alto vindo da rua. Fui olhar o que era, e lá estava um rapaz em cima do carro cantando “Always On My Mind” para a namorada que estava brigada com ele. Até o trânsito parou, e as pessoas todas torcendo para que a moça descesse do prédio para que eles fizessem as pazes
      E ela desceu, foi emocionante os dois abraçado e o povo aplaudindo.
      Amar alguém sempre vai ser a melhor opção.
      Boa semana Pedro!

      Excluir
  11. I sometimes say that I only write (and live) happy endings and, in a way, that is true. I think it is largely true because I was brought into this world in a good place, at a good time, to good people. No Romeo and Juliet melodrama in my teenage romance; no former lover seeking revenge, and my encounters all had meanings that brought moments of happiness that I still treasure.

    I also sometimes say I think of perfect love as a holy grail and seek it in the manner of Perceval and Lancelot -- a search hoping to find, but not expecting to find. Perhaps, that is the way it is meant to be for me -- which would be a good ending, in a way.

    This was an interesting post, Smareis, one which made me think about my past, my present, my future, and which makes me feel lucky and happy. I am glad you wrote this piece; you have left me still thinking about it and smiling.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. These books are very good, and I've read it for some time. In this post I wanted to show some books that I have read with sad endings. Literature has a lot of romance that the ending is very sad. I always read a book, or watch a movie, I hope the ending is happy. In real life many relationships have happy ending, and others do not. There is more time for everything Fram, even for true love to reach people's lives. And he arrives, and just wait the right time.
      Smiles for you!

      Excluir
  12. Samareis.Un buén post de historias de amor.
    Para reflexionar..
    Feliz semana.
    Un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muy buena esta historia de amor Juolina
      Ya leo todas
      Un abrazo

      Excluir
  13. Todos nós já cometemos loucuras de amor e mal estávamos se não as tivéssemos cometido, mas há um tempo para tudo.
    Um abraço e boa semana.
    Andarilhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A tempo pra tudo nessa vida, até pra amar. E quem nunca cometeu um loucura de amor na vida, né Francisco?
      Abraço e boa semana!

      Excluir
  14. Quantas loucuras se fazem por Amor, Smareis !
    Também prefiro estórías com final feliz ! ... mas realmente estas (acima) são muito especiais e ficaram na história precisamente por finais infelizes !!!
    Achei curioso o nome "O Morro dos Ventos Uivantes" ! rsrs ... Aqui, em Portugal é "O Monte dos Vendavais" ! :))

    Beijo ! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Rui. E quando o amor é verdadeiro, qualquer loucura de amor é válida.
      Eu sempre torço muito quando leio livros, vejo filmes, para que o final seja feliz.
      Tem alguns livros que Portugal e Brasil teve a tradução diferente. O que importa que a história é a mesma rsrs.

      Beijos!

      Excluir
  15. Linda mostrado vários amor e o feliz e infeliz. Na vida, por isso, infelizmente, eles não são todos cumpridos, uma pena. Saúdo e agradeço por pensar em mim. I próximo plano de semana para voltar ao seu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na literatura, as histórias de amor, muitas dela, não tem final feliz.
      Desejo melhoras Giga.
      Boa semana!

      Excluir
  16. Toda história de amor vale a pena ser vivida, mas gosto muito mais quando existe paz e alegrias e ao final possamos dizer...e foram felizes para sempre.
    Tenha uma linda semana.
    Élys.
    Élys.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza que vale Élys, principalmente quando existe a paz e alegria.
      Abraço!
      Boa semana!

      Excluir
  17. Oi queridíssima!O amor ! Tão sublime, e ao mesmo tempo tão devastador!Quando se é correspondido e´a maravilha das maravilhas... porem, quando o amor tem via unica , já não e´tão sublime assim... Pelo menos, aos olhos humanos...Bom , um tanto relativo, pois existem pessoas que amam sem nada exigir em troca... Mas convenhamos ! Amar sem ser amado, e´um tremendo esforço de estar sempre bem....Como não existe amor só de um , então o amor deixa de ser tão gostoso, para ser complicado e desgastante. Ai, só nos resta desejar felicidades e que a pessoa encontre uma pessoa legal, etc , etc . Enfim , se não for correspondido torna-se uma carga pesadíssima para nos simples mortais... E como o amor não e´soberbo, ainda nos parte o coração em ver a pessoa amada com outra pessoa....Às vezes acho o amor, leve e ao mesmo tempo, pesado demais para se carregar...Meu comentário meramente humano! Obrigado por descansar em Curvas, retas e esquinas vice! beijossssssssss ja li quase todos eles!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Poeta!
      Eu já li todos eles, muito bons.
      Eu concordo plenamente Beto. O amor é leve, e ao mesmo tempo pesadíssimo pra carregar. Nossa mente e nosso coração às vezes nos traem e não nos avisa determinados perigos. Quando a flecha do amor atinge apenas uma das pessoas, pode causar muitos problemas e desgostos. Não é fácil viver um amor não correspondido, o emocional não dá conta, e pesa demais. É difícil driblar um sentimento. A gente sente e pronto.
      Gosto muito de descansar em Curvas, retas e esquinas, por lá sempre encontro um pouco de acalanto na alma.
      Sucesso pra ti nesses teus projetos. Quero ler todos quando estiver pronto vice!
      Beijos!

      Excluir
  18. Oi Smareis, já li Romeu e Julieta (amo Shakespeare) e o Morro dos Ventos Uivantes, gostei muuito das outras dicas. Nicolas Sparks,me lembrar minha sobrinha que é mega fã hehe.
    Adorei a ilha tbm, linda história.
    Bjs e bom final de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patricia eu sou fã do Nicolas Sparks. Eu já li 11 livros da autoria dele que viraram filme. Todos são muito bons.
      Essa ilha tem uma história muito bonita.
      Bjs e bom fim de semana pra ti também.

      Excluir

  19. Como já dizia o escritor Friedrich Nietzsche...
    Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre um pouco de razão na loucura.
    Gostei de poder reler história que nos deixou um legado em aprendizagem... Voltarei muitas vezes...bj em seu coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A loucura sempre tem uma razão, principalmente loucuras de amor Wonder.
      Bjs no coração!

      Excluir
  20. Pois é prezada Smareis, como a vida , o amor tem suas tragédias, mas, viver sem amor poucos se aventuram, ou seja, como viver, amar tem também seus momentos infelizes, porém , importa é que estejamos atentos para não deixar passar este felizes momentos, na vida e no amor, tenho estado atento por poucos trinta e seis anos na vida amorosa, certamente desejo outros tantos para poder povoar as páginas deste meu viver com todos estes momentos, felizes ou não. Grato por compartilhar belos escritos por cá, e também por lá deixar teu gostar, agradecido deveras. Que tenhamos todos um viver de intensa bênção do bondoso Deus, abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amigo Sotnas, viver a vida com um amor já é difícil, imagina viver sem um amor.
      Parabéns pelo teu relacionamento terem floridos por tantos anos. Que muitos outros anos possa vir com muito mais amor ainda mais, pra vocês dois.

      Tem uma frase do Honoré de Balzac que diz assim: É tão absurdo dizer que um homem não pode amar a mesma mulher toda a vida, quanto dizer que um violinista precisa de diversos violinos para tocar a mesma música.
      O amor pode tudo, quando o relacionamento é cuidado todos os dias... E ambos sentem o mesmo carinho um pelo outro. Fica eterno!
      Ótimo fim de semana!
      Abraços!

      Excluir
  21. Gostei muito de ler esta sua recolha. Só o amor pode salvar o mundo.

    Beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mundo necessita com urgência de amor.
      Beijos!

      Excluir
  22. Smareis, por acaso já li ou vi em filme as histórias que mencionou, mas desconhecia última que por ser real e tão triste me emocionou.
    A maior loucura que fiz por amor, foi dançar em pleno palco, descalça, para não magoar o pé do meu par ( tinha sido operado a uma unha encravada ) :))

    Um beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bonita a história do Boldt e sua esposa Louise. Emocionante mesmo! Deve ter sido bem difícil essa dança Fê. O tal da unha encravada é doído. Imagine o cuidado que você teve que ter. Quando é por amor qualquer coisa é válida.
      Beijos e bom final de semana!

      Excluir
  23. OLÁ MINHA QUERIDA!
    Pensei que tivesses partido em trabalho e deixasses a tua casa por uns tempos! Mas que saudades daquele tempo certinho onde publicavas teus postes com tal densidade, que não apetecia sair. E por falar em densidade, tantos desses livros fizeram a as minhas delicias da juventude! Desconhecia a história da ilha Hart. Ao que não nos leva o amor! Mas ainda bem, pois só por ele estamos aqui, umas vezes amando, outras suportando!
    Obrigada por este teu magnifico trabalho e volta sempre que agora farei o mesmo
    Muitos beijinhos querida amiga Smareis!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Manuela, às vezes fico ausente dos blogs por alguns dias, mais eu sempre volto. Estava com saudades de ti. Andas muito sumida também.
      Essa ilha Hart ficou bem famosa devida essa história de amor. Conheço algumas pessoas que já passou por lá, e diz que a ilha é um sonho de tão linda.
      Beijos no coração!
      Bom fim de semana!

      Excluir
  24. A mí me encantaban las historias de amor que acababan con un final feliz, lo mismo que los cuentos en que el príncipe se acababa casando con con la princesita de sus sueños.
    ¡Lástima que no todas las historias acaben bien!
    La literatura, muchas veces, es un fiel reflejo de la vida misma.
    Agradezco tus palabras de apoyo en mi espacio.
    Cariños en abrazos.
    kasioles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. También me gusta la historia de amor con final feliz Kasioles. En la literatura, muchos novela es muy parecido a la vida real
      Buena semana
      besos

      Excluir
  25. Quantos clássicos, Smareis! Livros e filmes excelentes. E a da vida real eu desconhecia. Que ótima postagem. Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bons mesmo Sérgio.
      Beijos e bom fim de semana!

      Excluir
  26. ¡Hola, Smareis!!!

    El rencor en un autentico veneno que destruye el alma de las personas y trae graves consecuencias, precisamente para aquello que no tienen culpa de nada, siempre lo pagan los más inocentes.

    Romeo y Julieta fue una gran película que dio la vuelta al mundo. La he visto y la verdad es que me causó tristeza. Me gustan las películas con un final bonito.

    Ha sido un placer pasar a leerte.
    Un abrazo mi gratitud y estima.
    Se muy -muy feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cuando leo o veo algunas películas que siempre la raíz para que tenga un final feliz. Romeo y Julieta es una excelente película. Un buen fin de semana para usted Marina.
      Un beso en el corazón

      Excluir
  27. Olá, Smareis, bom dia ....a realidade é bem outra e esse "tudo começa com Era uma vez e termina em E foram felizes para sempre " fica mais para a literatura. Contudo, a leitura -romances- , nos ajuda a enfrentar melhor a nossa existência e adoçarmos um pouco a cantilena do só lamento e tristeza...e como dizem "os poetas", "há sempre alguma loucura no amor, mas há sempre também alguma razão na loucura."...belos dias,abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Felisberto!
      Na literatura tudo parece mais fácil. Mais na realidade, as coisas são bem diferente.
      Bom final de semana!
      Abraços!

      Excluir
  28. Há tempo para tudo, como disseram acima! E nesses tempos, sim eu já cometi loucuras de amor!
    Tenho muita vontade de ler Anna Karenina, vou tentar fazê-lo em breve. Gostei mesmo de saber da loucura de amor que fez uma ilha ser comprada e transformada em coração flutuante. Pena o final... é que sem pre queremos finais felizes, mesmo sabendo que na vida real as coisas não são assim.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também Ana Paula.
      Você vai gosta de ler Ana Karenina, muito bom.
      Essa loucura de amor da ilha, ficou famosa. Talvez se fosse na literatura, eles teriam sido felizes para sempre...
      Bom fim de semana!
      Beijos!

      Excluir
  29. OI SMAREIS!
    QUE LEGAL, MESMO QUE O "E FORAM FELIZES PARA SEMPRE" FAÇA COM QUE LEMBREMOS DOS CONTOS DE FADAS, TAMBÉM FAZ PARTE DA VIDA REAL SIM. ACHEI TUA POSTAGEM GENIAL, FEZ LEMBRARMOS DE BELAS HISTÓRIAS DA LITERATURA E REAIS TAMBÉM.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A literatura tem muitas histórias fantásticas, e na vida real também. Embora muitas, sem finais felizes.
      Abraço Zilani!
      Bom fim de semana!

      Excluir
  30. Hello Smareis, These stories are among my favorites too. Thank you for sharing and reminding us how nice it would be to revisit and read them again.
    Thank you for stopping by and your kind comment. Wishing you a happy weekend ahead!! xo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello Celestina!
      These are stories that we never forget. Deserves this in our favorites.
      A Kiss and wish for a great weekend.
      Kisses!

      Excluir
  31. Conheço - as , ou de ter lido ou de filme .

    A postagem está óptima .

    Neste momento , porém ,apetece-me " era uma vez ... e foram felizes até serem velhinhos " , para dar um pouco de doce às noticias , se for possível .

    Um beijo , Smareis ,
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foram felizes até serem velhinhos, isso que é uma loucura de amor.
      Beijos Maria
      Ótimo fim de semana!

      Excluir
  32. Ui, já cometi muitas :)))
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por amor sempre vale apena Madalena!
      Beijos e bom fim de semana!

      Excluir
  33. Bela seleção de histórias de amor, Smareis, com finais tristes, parece até que amar é apenas sofrer.
    Já cometi loucuras por amor e não me arrependo.
    Como, também, pensei que escreveria uma linda história de amor, hoje me contento em alertar para que não se iludam, já não podemos confiar, como antigamente...
    Felizes dias, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil mesmo, confiar plenamente em alguém nos dias de hoje. As coisas mudaram muito, em relação a sentimentos. Antigamente se a pessoa dizia "Eu te Amo" era realmente verdade, e se ficavam juntos era porque tinha algum interesse em relação a casamento.
      Hoje em dia, é claro que o amor é a mesma coisa (tem o mesmo significado sempre), mas a diferença é que as pessoas, na maioria das vezes, ficam juntas só por ficarem, dizem "Eu te amo" sem ter certeza ou intenção de ficar pra sempre com essa pessoa...
      Eu acho que as pessoa andam esquecendo qual o significado verdadeiro do amor.
      Bom fim de semana Maria Teresa!
      Abraços!

      Excluir
  34. Muito bom ler as suas histórias aqui punlicadas.
    Desejo que a amiga se encontre bem.
    Bjs.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga!
      Desejo o mesmo pra você.
      Beijos!

      Excluir
  35. Olá Smareis! As histórias de amor são as cerejas do bolo...o complemento da vida, mesmo quando não dão certo, melhor um amor vivido ou sonhado do que nunca ter amado. Penso que nós fantasiamos em demasiado o amor, geralmente queremos que o outro nos ame assim como nós o amamos e isso é muito raro.
    O morro dos ventos uivantes foi um dos primeiros romances clássicos que li e há alguns anos assisti a versão mais nova do filme. Impressiona-me muito o clima denso e silencioso da trama...Deu vontade de ler novamente!
    Obrigada pelo carinho, beijos!

    ResponderExcluir
  36. Olá Smareis,boa tarde,
    excelente como sempre
    adorei!

    Feliz fim de semana
    um beijo e um abraço

    ResponderExcluir
  37. Smareis gostei de relembrar essas histórias tão conhecidas embora com finais tão tristes, eu cá sou uma romântica, gosto que as histórias acabem bem.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sou bem romântica Maria, e torço para finais feliz quando há amor em ambas partes.. Seja na literatura , ou na vida real.
      Bom fim de semana
      Beijos!

      Excluir
  38. Provavelmente o melhor romance que já se escreveu... Saudações poéticas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vieira pela visita e comentários. Desculpa-me a ausência nos comentários do seu blog, depois que você trocou o sistema do blogger pelo Google +, ficou difícil eu comentar por lá. Eu não uso o perfil no Google+.
      Boa semana poeta!

      Excluir
  39. Olá, Smareis
    Que bela colecção conseguiste arranjar! :)
    Mas já reparaste que todas as histórias de amor famosas têm um fim trágico???
    E quem não cometeu, por amor, uma loucura na vida? Ou várias? :)))
    Eu cometi algumas, sim, mas... o tempo passa e da loucura resta apenas a recordação.
    Por isso se chama loucura, não é verdade???

    Minha querida, há novo post no meu blog. A segunda parte das minhas férias. Em breve publicarei a terceira e última parte.

    Votos de um Domingo feliz
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Mariazita, as histórias de amor quase todas termina com final triste , principalmente na Literatura. Na vida real também acontece bastante. Triste fato.
      O importante que as recordações das loucuras de amor sempre continua viva na mente.
      Beijos e boa semana!

      Excluir
  40. Thank you for the interesting recommendations!
    Greetings

    ResponderExcluir
  41. Amores e desamores são benefício das Almas. Seguramente existe (alta) incompatibilidade do Amor com ciume, ódio e (ou) vingança; não edifica e apenas destrói.
    O Amor é doação, troca, doçura...
    Um belo trabalho de colectânea. Parabéns.


    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Sol. Embora, à primeira vista, o ciúme possa parecer um lindo e romântico sentimento, na realidade ele é doentio e altamente pernicioso para o desenvolvimento da paz e do verdadeiro amor. O ciúme, o ódio, e a vingança sempre andam de mãos dadas.
      Lia certa vez que o ciúme é o germe do ódio no amor; mata-o às vezes, fere-o sempre. Essa definição foi muito feliz. O ciúme mora numa casa geminada com o ódio. A distância que separa o ciúme do ódio é imperceptível. Em geral, os que se deixam envolver pelas garras do ciúme perdem o controle de suas emoções. Podemos evitar muitos males ao não permitirmos que as centelhas de sentimentos ruins caiam sobre nosso coração.

      Beijos e boa semana!

      Excluir
  42. Histórias de um amor trágico. A literatura está cheia delas. E a vida real também...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto na literatura, como vida real, a maioria das histórias de amor sempre termina com algum final triste.
      Boa semana Graça!
      Beijos!

      Excluir
  43. Depois de mais de quatro anos entre namoro e noivado, casei-me e o casamento só durou nove anos. Hoje, sou casado com outra mulher há quatro anos, pois só casamos quando fiquei viúvo, após trinta e sete anos de convivência e muito amor. Rsrs. Lindo post! Belas histórias de amor.

    Abraços,

    Furtado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Furtado, que Deus abençoe a cada dia mais seu casamento, e que essa união continua sempre dando bons frutos. Isso é lindo de se ver, e ter.
      Boa semana!
      Abraços!

      Excluir
  44. Uma excelente escolha de entre as mais conhecidas histórias de amor de todos os tempos.
    Porque o amor acaba por ser o epicentro da vida.
    Boa semana, querida amiga Smareis.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Algumas dessas história que citei são bem conhecida mesmo.
      Boa semana pra você também amigo Jaime!
      Beijos!

      Excluir
  45. Muito bom o post, Smareis! Mostra o seu conhecimento, não só da literatura e do cinema, mas também do amor... e este, minha amiga, é o principal! :) Boa semana, obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Árabe!
      Certa vez M. Luther King disse: "Pouca coisa é necessária para transformar inteiramente uma vida: amor no coração e sorriso nos lábios." Lindo isso! Quantas pessoas deveriam seguir esse exemplo.
      Boa semana!

      Excluir
  46. Olá, Smareis!
    Confesso que adoro histórias de amor com final feliz, mas a vida não é feita apenas de alegrias e precisamos saber lidar com as tristezas e perdas.
    Dessas que citou não conheço a de Anna Karenina.
    Um abraço,
    Sônia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente Anna Karenina Sônia, o livro de Tolstoi começa com uma das frases mais conhecidas da literatura e acredito que ela resuma bem o que o livro conta: “Todas as famílias felizes são iguais. As infelizes o são cada uma à sua maneira”.
      Um abraço e boa semana!

      Excluir
  47. Olá querida amiga.
    Um belo trabalho de belas leituras românticas com seus dramas quase que previsíveis. Lis os três primeiros e curioso fiquei com os outros. Um grande amor é capaz de provocar loucuras mesmo e há que se ter muita calma, para não comete-las. Loucura a compra de uma ilha para uma mega obra de castelo. Mas ainda penso que a historia de Romeu e Julieta é a que define uma linda triste prova de amor e desamor.Eu claro devo estar a cometer loucuras pois o amor é mesmo aquela seta de cupido sem rumo e desvairada venenosa a nos perseguir.
    Bom lhe ver e ler com esta belíssima generosidade na postagem, já anotei os livros para aquisição.
    Grato sempre amiga pelo carinho e atenção.
    Deus esteja conosco e nos proteja sempre.
    Bjs de paz amiga.

    Espero que as chuvas por ai, não repitam estragos anteriores.
    Abraços com carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Os livros são muito bons mesmo Toninho. E o amor? É maravilhoso! Essa ilha é o resultado de uma história de amor, bonita e real, o final também não foi feliz, mais o castelo esta em pé pra quem quiser conhecer... Romeu e Julieta sempre serão os melhores, e a histórias de amor mais bonitas de todos os tempos na literatura. Que triste foi o final dos dois. Uma prova de amor mortal!

      Toninho, eu li os 11 livros, que viraram filme do grande romântico do momento Nicholas Sparks. Eu indico todos eles. Tanto o livro quanto o filme são excelente. Eu comecei a ler por curiosidade e fui gostando, e quando percebi já era fã da obra completa do autor.
      Apesar de algumas adolescentes se identificarem muito com Nicholas Sparks, a história preenche e expande todas as idades. Eu amo ler o amor!

      - O Diário de Uma paixão, de 1996
      - Uma Carta de Amor, 1998
      - Um Amor para Recordar, 1999
      - Noites de Tormenta, 2002
      - A escolha, 2007- O filme saiu em 2016
      - Querido John, 2007
      - Um Homem de Sorte, 2008
      - A Última Música, 2009
      - Um Porto Seguro, 2010
      - O melhor de mim, 2011
      - Uma Longa Jornada, 2013

      Sobre a chuva por aqui, apenas por 20 minutos, foi uma destruição só. Ruas e casas alagadas, deslizamento, pessoas desabrigadas. Carros sendo arrastado pela correnteza nas ruas. Triste fato que acontece todo ano, e os governantes nada fazem para ameninar um pouco a dor de quem os elegeu. Promessas é o que não falta. Mais nunca fazem nada. E vai vim mais chuva forte para o ES.
      Que Deus nos protege sempre.
      Beijos!
      Boa semana!

      Excluir
  48. Bom dia, Smareis!
    Quantas belas indicações!
    Esta obra de Shakespeare, específica não li, pois na época do colégio só existiam as em forma de peça (acho que perdem a história...). O Morro dos Ventos Uivantes era louquinha pra ler, até que consegui um exemplar emprestado e fiquei indignada com o ódio que passava de geração a geração... me surpreendia com a atitude de Heathcliff e também da sua amada e depois da filha... Anna Karenina está na lista há um bom tempo, quem sabe no próximo ano não consigo ler esta obra? Os outros dois já ouvi falar muito, mas P.S. Eu tem amo assisti ao filme e ri muito com algumas cenas (a que estão no barco só as três... é hilária rsrsrs), mas fiquei encantada e apaixonada com o cenário da Irlanda, pois assim como a Escócia e a Itália, são locais que quero muito conhecer.
    Sobre a ilha conhecia a história, mas não sabia do desfecho. Que triste... Felizes os que a conhecem agora né?

    Abraços esmagadores e feliz dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite minha amiga!

      A Literatura nos apresenta obra maravilhosa, e esses livros que citei são muito bons. Ana Karenina, eu fiquei curiosa quando uma amiga me indicou. É com essa frase contundente que Tolstoi inicia seu romance e tece a rede das relações familiares do romance. "Todas as famílias felizes são iguais; as infelizes o são cada uma da sua maneira." Adorei os detalhes da história. Ana Karenina, mulher autêntica e movida pela paixão, que foi "condenada" pela sociedade da época devido as suas escolhas.
      O Escritor tem um modo de escrever super clássico e diferente dos dias atuais, o que deixa a história mais linda ainda. Ele consegue costurar cenários e situações familiares, desnudando sentimentos e esculpindo seus personagens com tanta naturalidade, até mesmo com certa compaixão e compreensão pelos atos deles. Também são tratadas questões espirituais, sociais e políticas. Vale a pena ler. Ainda não assisti ao filme, mais já me disseram que é igualzinho o livro não mudaram nada.
      O filme P.S Eu te amo. O cenário é maravilhoso. Países que eu também gostaria de conhecer.
      A ilha "Hart" foi a maior prova de amor real de George Boldt à sua esposa Louise. Mais o destino mudou os planos. O coração de Louise parou com apenas 41 anos, e ela nunca chegou a receber o presente do milionário marido apaixonado. Achei interessante a Thousand Islands Bridge adquiriu a propriedade e deu seguimento as obras do castelo com o nome Hart. O castelo ficou abandonado durante tantos anos, e hoje é um ponto turístico para os românticos de plantão quando vão a Nova York. Eu queria muito conhecer. Eu tenho uma comentarista que já visitou esse castelo. Deve ser maravilhoso.
      Beijos e abraço apertado.
      Boa continuação da semana!

      Excluir
  49. Belo post , Smareis. Gosto muito de ler e já li Anne Karenina e Romeu e Julieta O monte dos Vendavais conheço-o do tempo de estudante, pois a Emily Bronte era nome comum nas aulas de ingles. Não me lembro de o ter lido, mas li a Jane Eire e ainda tenho o livro. Neste verão li um outro de amor trágico, a madame Beauvoir ,de Flaubert também muito triste. O amor é um sentimento muito complexo e o mundo precisa urgentemente dele, mas se ele tantas vezes falta dentro de quatro paredes onde se cometem atrocidades em seu nome, como desejar que o planeta viva sem guerras? Impossivel, amiga! Quanto a aventuras de amor, não me lembro de nenhuma, mas estou casada há 41 anos e o meu marido foi o único namorado e espero, seja o único homem da minha vida. Não vou dizer que tenho tido um casamento feliz, pois na minha opinião, felicidade não existe; existe sim uma vida cheia de momentos distintos e com o casamento passa-se a mesm coisa. Há de tudo num relacionamento longo; lágrimas que caiem por momentos felizes, outras rolam por grandes tristezas, dores; ha gargalhdas, conversas sérias, menos sérias e há tambem muitas discussões; afinal somos dois seres diferentes, vindas de familias diferentes onde os costumes, a educação e a maneira de encarar os problemas eram distintas ; esses dois seres resolveram unir-se e seguir juntos uma vida e enfrentar juntos os desafios dessa vida; Costumo dizes que as discussões, as desavenças são normais e até saudáveis; significam que nenhum dos dois se anulou e continuou a ser a pessoa que sempre foi, com os sonhos que sempre teve e não começou a viver a vida da pessoa com quem se casou. É claro que muitos acertos têm de ser feitos, mas se houver amor, respeito e paciência, com o passar do tempo as personalidades vao-se encaixando e as discussões diminuem; comecamos a conhecer-nos tão bem que nem é preciso falar nada. Por isso prefiro dizer que tenho um relacionamento normal, de duas pessoas normais que têm qualidades e defeitos que vivem uma vida norma, com erros, acertos, alegrias, tristezas e todas as outras emoções próprias da vida. Não há perfeição e pt não podemos achar que a vida é um conto de fadas onde a princesa encontra o principe encantado e vivem felizes para sempre. Prefiro dizer que espero viver com o meu marido até sermos velhinhos ( amiga Maria) com todas as nossas imperfeições, tentando que os momentos felizes sejam muitos. Amiga, obrigada pelo tema pertinente e oportuno ( os relacionamentos hoje não duram e alguns são trágicos ) e desculpa o meu " testamento ". Um beijinho e que o amor te acompanhe sempre, mesmo não sendo perfeito.
    Emili

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro ler Emília.
      Bem lembrado sobre Jane Eyre. Esse livro e fantástico. Sem palavras para descrever este livro. Tirou-me lágrimas, suspiros e sorrisos. Eu li já faz bastante tempo, e gostaria de reler com mais calma, vou adquiri esse livro porque vale a pena tê-lo na estante. Eu acabei pegando emprestado com uma amiga e tive que ler muito rápido porque ela iria passar pra outra amiga também. Jane Eyre foi uma mulher bem sofrida, órfã de pai e mãe, vivia com parentes que a desprezam até ser enviada para a instituição de caridade. Apesar das inúmeras privações que enfrentou na escola, a menina levava uma vida quase feliz e se tornou forte e independente. Romance clássico ambientado na sociedade inglesa do século XIX. Maravilhoso esse livro.
      Madame Bovary ainda não o li, vou anotar na minha agenda para uma futura leitura. Parece ser bem interessante, obrigada pela dica Emília. Tem livros que durante a leitura a gente vai ser sentindo tão à vontade com os personagens, que dá vontade de entrar na história só pra dar uma ajudinha a eles. Risos.
      O mundo anda precisando com urgência de mais amor, respeito e gratidão ao próximo.
      Emília, estar casada e amar uma pessoa por tanto tempo, isso já é uma grande loucura de amor. Não é uma tarefa fácil, mais, quando há amor em ambas as partes, tudo fica mais simples e fácil. Até o que era pra dar errado dá certo. Você tem a receita necessária para que um casamento dure tanto tempo. Casamentos duradouros são construídos com trabalho em conjunto, respeito mútuo, admiração e intermináveis quantias de amor, gratidão, perdão e a benção de Deus.
      Desejo que essa união continue por muitos e muitos anos, e que o amor esteja sempre presente na vida de vocês. Obrigada pelo comentário atilado.
      Beijos e bom final de semana.

      Excluir
  50. Querida amiga. Logo que publiquei o meu comentário, veio-me a dúvida sobre a maneira como escrevi o titulo do livro que li no verão passado. Como há moderação de comentários, isso impede que façamos rectificações logo. Tenho a impressão que errei o nome. Trata-se do livro Madame Bovary de Flaubert. Se errei, desculpa, sim? Beijinhos
    Emilia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok Emília, não se preocupa. Ta tudo certo, esses errinhos são normais.
      Beijos e bom fim de semana.

      Excluir
  51. Desconhecia a história real, das outras li a maior parte e este Verão até visitei a dita casa de Julieta e também a de Romeu em Verona.

    Bom domingo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa história real eu fiquei conhecendo através de amigos que visitaram o Castelo, e através de pesquisas na rede.
      Boa semana!

      Excluir
  52. Bom dia, Belas historias de amor, conheço a da Anna Karenina que me encanta.
    Boa semana,
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma história bonita, e ao mesmo tempo triste, da Anna Karenina.
      Boa semana!

      Excluir
  53. Boa semana, Smareis. Aguardo o próximo post!

    ResponderExcluir
  54. Smareis, passei para deixar um abraço
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Maria!
      Abraço grande pra ti!
      Boa semana!

      Excluir
  55. Todas son hermosas historias de amor y nostalgias, algunos lograron ser felices por un tiempo breve pero al parecer todos conocieron el amor en profundidad.
    El amor a veces toca dos veces la puerta y hace afortunadas a estas parejas pero siembre habrá un amor el que será inolvidable.
    Abrazos amiga y feliz fin de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Son hermosas y bellas historias de amor Rayen.
      Buena semana Amiga
      abrazos

      Excluir
  56. Uma história de amor que não termina bem,
    tantos clássicos que tratam do assunto como
    a amiga aqui refere.
    Eu sei o que é uma história de amor não acabar
    bem, mas a vida continua e tem que se realçar o
    que bom teve, quando existiu.
    Bjs. e desejos que se encontre bem.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  57. Boa semana, Smareis! Aguardo o próximo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa semana Árabe!
      Logo, logo tem postagem nova.

      Excluir
  58. Oi Smareis minha querida!Que falta de tempo estamos tendo! rsrsrs Os projetos estão caminhando e se Deus quiser dará tudo certo. Nova postagem em Curvas , retas e esquinas vice! beijos e abraços apertados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é poeta, estamos com falta de tempo mesmo.
      Fico feliz, que tudo caminha bem com seus projetos vice!
      Beijos e abraços apertados Beto!

      Excluir
  59. Olá amiga, o amor já é por si só uma loucura, depois tem os seus complementos. Sempre gostei de histórias de amor com finais felizes, mas li esses clássicos todos. Boa semana e beijos com carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto e torço para um final feliz, sejam em filmes, livros e principalmente na vida real.
      Boa semana e beijos!

      Excluir
  60. Olá, Smareis. Boa tarde!

    O mais interessante em ler é a capacidade de alguns escritores de nos permitir imaginar (as cenas, os beijos, os abraços, a pequena lágrima que cai e, até mesmo, imaginar como seria se o desfecho tivesse sido dado de outra maneira). As obras de Nicholas Sparks são fascinantes e sou grande admirador!

    Diante de tantas narrativas tão belas e de amores que superam dificuldades e expectativas; como o amor cativa você?


    Um abraço,

    Wesley Carlos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Wesley!
      Quanto tempo! Que bom que esta de volta. Fiquei muito feliz com sua presença.
      Nicholas Sparks é um Escritor que muito admiro.
      Abração!

      Excluir
  61. Oi, Smareis
    Tudo bem?

    Aguardo postagens nova, qdo tiver me avisa, ok?
    Olha, eu recebi um e-mail hoje com seu nome, é você mesma? :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  62. Olá,
    tudo bem?
    Fiquei emocionada com a bela história de amor. Assim deveria ser todas as uniões, regada a muito amor e respeito. Ainda não fiz nenhuma loucura de amor. Mas meu marido faz sempre para mim.
    Bjos tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é muito bom Anajá. Marido fazer loucura de amor e tudo de bom. Bjs!

      Excluir
  63. Verdade moça.
    Minha e de Felipe também.
    Não conseguimos ser felizes para sempre.
    Fui adotada aos 14, e conheci logo em seguida Felipe, um médico que fazia residência em pediatria.
    Eu com 15 e Felipe com 27 nos casamos e quase aos 19 estava viúva.
    E tudo por conta de um apêndice supurado.
    Antes havíamos adotado 3 crianças e logo em seguida,
    fiquei grávida de trigêmeos.
    Bem.... É uma longa história mais de muito amor.
    Estou com 20 anos e tenho seis filhotes lindos
    que foi continuação de uma história de amor maravilhosa.
    Então tem muito pouco tempo.
    Voltei para o blog porque preciso escrever
    o que está preso na garganta e no meu coração.

    Beijinho querida

    "Se tiver que amar, ame hoje. Se tiver que sorrir, sorria hoje. Se tiver que chorar, chore hoje. Pois o importante é viver hoje. O ontem já foi e o amanhã talvez não venha."

    André Luiz

    ResponderExcluir
  64. É muito doído perder um grande amor...
    Na vida todos nós sabemos que tudo tem um porque e um pra quê, nada é apenas um acaso... Tudo o que chega, já está destinado a pessoa certa. Nem tudo tem um final feliz, às vezes pode ser um final que muda vidas.
    Quando seus filhos crescerem vão se orgulhar muito de ti.
    É uma linda história de amor... Lição de vida!
    Você fez bem em voltar ao blog e transformar esse amor em poesia.
    Seus poemas são belos, continue escrevendo que a vida vai lhe dar muitos sorrisos de alegrias.
    Obrigada por ter compartilhado tua história.
    Conte comigo!
    Um bom fim de semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte — impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única. (Osho)

Links de propagandas e comentários anônimos, serão excluídos automaticamente, a não ser que se identifique com seu nome e endereço do blog/site.

Obrigada pelo seu comentário!
Thanks for the comment!
Gracias por tu comentario!
Merci pour le commentaire!